Dedé entra na justiça contra o Cruzeiro, pede rescisão e mais de 35 milhões

Jogador alega estar há dez meses sem receber salário do Cruzeiro

0

Na ação judicial movida contra o Cruzeiro, o zagueiro Dedé alegou que há 10 meses não recebe salários do clube mineiro. No processo, o jogador pediu a rescisão de contrato, mas foi negada pela justiça. Segundo Dedé, o clube deixou de realizar o pagamento a partir de março de 2020.

Foto: Divulgação/Vinnicius Silva-Cruzeiro

 

Segundo divulgado pela Rádio Itatiaia, o valor total pedido por Dedé referente aos salários chega a R$13,7 milhões. Isso além do FGTS, que segundo o jogador só recebeu os depósitos entre janeiro e junho de 2020 do Cruzeiro – em um período desde maio de 2019. O valor soma mais de R$704 mil.

Dedé não joga desde outubro do ano retrasado, 2019. O jogador voltou a sofrer com lesão e precisou passar por uma cirurgia no joelho direito – o zagueiro se recupera no Rio de Janeiro, mas sem previsão de retorno aos gramados.

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.