Datena revela que se afastará da TV para concorrer ao Senado

De acordo com o colunista Fefito, do Uol, a Band já tem um substituto em mente

0

Datena revelou, na tarde desta sexta-feira (24)  que se afastará do programa ‘Brasil Urgente’, da Band, para concorrer ao Senado. “Não vai ser meu último programa, quero fazer muitos na minha vida ainda. Mas vai ser o último dessa série”, frisou o apresentador.

Maria Lina Deggan nega ter dado ‘calote’ em faculdade; instituição se retrata

De acordo com matéria do colunista Fábio Zanini, da Folha de S. Paulo, o jornalista se ausentará da função a partir do dia 29 de junho. A lei dita que, candidatos que também trabalham em veículos de comunicação, devem se afastar das funções até o dia 30 de junho deste ano.

Datena, inclusive, deve disputar o senado pelo PSC (Partido Social Cristão) e na chapa de Tarcísio de Freitas, o ex-Ministro da Infraestrutura do Brasil. Segundo o colunista Fefito, a Band já tem um substituto para o programa: Vicente Datena, filho do comunicador.

Oficialmente, a emissora ainda não se pronunciou sobre essa troca das cadeiras.

Datena já foi obrigado a indenizar Xuxa

O Tribunal de Justiça de São Paulo condenou o jornalista Datena, da Band, a pagar uma indenização de R$50 mil para Xuxa, de acordo com o site Na Telinha, no ano passado. Em entrevista de 2017, o repórter se referiu à apresentadora como “imbecil” e “garota de programa”.

A namorada de Junno Andrade logo entrou com um processo contra Datena, que afirmou que não houve ofensa, já que o “garota de programa” se referia ao fato da loira apresentar programas de TV, assim como o “imbecil” era sobre sua falta de maturidade.

O juiz não aceitou as contestações de Datena, mas Xuxa perdeu R$15 mil do valor indenizatório oficial. O jornalista, em entrevista para a revista Quem garantiu que recorrerá da decisão: “Aceito decisões judiciais e vou recorrer nos devidos termos. Quem atacar a mim e a minha família — a mim, na verdade, não interessa porque estou acostumado, mas a minha família, sim –, vou enfrentar. Não contesto decisão judicial, mas vou recorrer nos devidos termos”.

 

Veja também: Maria Lina Deggan nega ter dado ‘calote’ em faculdade; instituição se retrata

5/5 - (1 vote)
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.