Cybelle Hermínio nega ter envenenado ou agredido Tom Veiga: “É um absurdo”

A empresária diz que lutará na Justiça contra essas "inverdades"

0

Cybelle Hermínio, última esposa de Tom Veiga, se pronunciou nesta quarta-feira (7) sobre as especulações de seu casamento com o ator. A empresária foi acusada de agredir e até de ter envenenado o esposo em busca da herança.

Ex-participantes não receberão cachê pelas reprises do BBB 1 e BBB 2 no canal VIVA

Em vídeo postado em seu Instagram, ao lado de seu advogado, Cybelle desmente que tivesse uma relação conturbada com Veiga: “Minha relação com o Tom sempre foi muito carinhosa, brincalhona, muito amorosa. Nunca houve nenhum tipo de violência de nenhuma das partes, a gente tinha briga normal como todo casal, mas nada que fugisse do nosso dia a dia, fugisse do controle.”

A empresária se diz chocada ao ver amigos de Tom relatando as supostas agressões para a mídia e relata que no dia 4 de setembro, quando teria atacado o ex, ele se refugiou na casa do irmão de Cybelle:

Ele foi para a casa do meu irmão. Digo isso porque a gente tem como provar, o advogado já está juntando isso dentro do processo. E posteriormente a isso eu fui para a casa da minha mãe. Nunca houve uma separação de fato, houve uma briga de um casal como qualquer outro no meio de uma pandemia.

A ex de Tom ainda garante que nunca houve data de assinatura do divórcio e a suposta agressão é apenas ficcção: “É um absurdo o que estão falando. Nunca houve nada disso, desconheço completamente aquelas marcas, fotos que estão circulando nas mídias. Absurdo, nunca houve nada disso. Não tem B.O. registrado, corpo delito, medida protetiva.”

 

Entenda a situação

A família de Tom Veiga e Cybelle Hermínio, a última esposa e viúva oficial, entraram na Justiça para brigarem pela herança do ator. Antes de morrer, o comediante fez um testamento no qual deixou 50% que tinha no nome da ex-esposa Cybelle, e o restante para seus quatro filhos, de duas esposas diferentes.

Em áudio obtido pelo site Extra, Tom teria pedido no dia 29 de outubro que o colega o acompanhasse ao cartório para desfazer o testamento e retirar o nome da ex-esposa, Cybelle, do documento. Sem medir as palavras, Tom pede: “Pode ir lá comigo para cancelar essa bosta?”. O ator faleceu no dia 1 de novembro do ano passado.

Na última terça-feira (6) rumores apontaram que a família pediria exumação do corpo de Tom, com a suspeita de que ele seria envenenado. Isso porque ele e Cybelle Hermínio estavam em pé de guerra, tanto que a ex teria agredido Tom em uma briga no dia 4 de setembro de 2020.

Assustado, o ator instalou câmeras de segurança, proibiu a entrada de Cybelle em seu apartamento e passou a morrer de medo de ficar sozinho. A família pede que Amanda, filha mais velha de Tom, seja a inventariante do testamento, enquanto Cybelle luta para se reconhecida no testamento.

Alessandra Veiga e um amigo do ator confirmaram as agressões, mas Cybelle luta contra as acusações.

 

 

Veja também: BBB21: Juliette ‘prevê’ conflitos na casa

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.