Cuca quer a Seleção Brasileira após a Copa do Mundo

Treinador pediu para sair do Atlético-MG depois da temporada passada.

0

Ao longo dos últimos anos, estamos vendo um verdadeiro intercâmbio de treinadores estrangeiros no Brasil. Desde que Jorge Jesus fez aquele tremendo sucesso em 2019, o futebol brasileiro abriu ainda mais as portas para treinadores de fora. Abel Ferreira é outro exemplo disso. Entretanto, o atual campeão nacional é brasileiro: Cuca!

Tirando Tite, Cuca é considerado por quase toda a mídia esportiva como o segundo melhor técnico brasileiro do momento. Como os treinadores aqui do Brasil vivem momento de baixa, os trabalhos de Alex Stival se destacam no cenário. Aliás, os dois últimos trabalhos do treinador foram espetaculares.

Em 2020, com um elenco bem limitado, levou o Santos até a decisão da Copa Libertadores, algo completamente inesperado no planejamento do clube. No entanto, acabou perdendo a finalíssima para o Palmeiras. Mesmo assim, o trabalho merece ser exaltado, já que o Santos vivia uma grave crise política em paralelo, blindada por Cuca.

Cuca
O técnico Cuca ganhou tudo com o Galo. Foto: Pedro Souza / Atlético.

Trabalho de Cuca no Galo e sonho com Seleção

Na temporada passada, Cuca optou por deixar o Santos e assumir o Galo, clube que havia se reforçado bastante já no ano anterior, com Jorge Sampaoli. Pelo Atlético, fez uma temporada quase perfeita e encerrou o jejum de 50 anos do Galo sem título brasileiro. Aliás, não só isso, também conquistou o bicampeonato da Copa do Brasil.

Embora tenha se tornado ainda mais ídolo da torcida do Galo, Cuca resolveu deixar o clube na troca de temporada. Muitos não entenderam no momento, mas Cuca geralmente não fica muito tempo nos clubes. Contudo, seu grande sonho é assumir a Seleção Brasileira após a Copa do Mundo do Catar, em dezembro.

Como Tite revelou recentemente que sairá da Seleção após o Mundial, Cuca não deve assumir nenhum clube até lá. Inclusive, ele foi a primeira opção do Fluminense após a saída de Abel Braga, mas não aceitou e revelou o desejo de comandar a amarelinha. Agora, resta esperarmos se a CBF irá realmente colocá-lo como sucessor de Tite em dezembro. Até lá, seu nome será especulado em muitos clubes do Brasil.

5/5 - (1 vote)

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.