Cruzeiro fica no empate com o Vila Nova e termina rodada na zona de rebaixamento na Série B

Time casa, por sua vez, segue em posição intermediária na classificação

0

O Vila Nova ficou no empate por 0 a 0 com o Cruzeiro na tarde deste sábado (24), no estádio OBA, em Goiânia, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Com o resultado, o time da casa, comandado pelo técnico Higo Guimarães, está com 15 pontos, em 14º lugar.

Por sua vez, a Raposa, do técnico Mozart, vai a 12 pontos, mas vai terminar a rodada na zona de rebaixamento, ainda com um jejum de vitórias.

Agora, na próxima rodada, o Cruzeiro recebe o Londrina na sexta-feira (30), a partir das 21h30, no estádio do Mineirão.

Enquanto isso, no sábado (31), o Vila Nova visita o Guarani, a partir das 11h, no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas.

O jogo

No primeiro tempo, o Vila Nova teve a primeira chance a um minuto, quando o zagueiro Xandão arriscou de longe e mandou para fora.

Assim, o time da casa estava superior e, aos 13min, quando abriu o placar quando Henan cabeceou e o goleiro Fábio salvou, fazendo grande defesa.

Depois, aos 20min, Thiago respondeu para o Cruzeiro, em chute que o goleiro Georgemy, do Vila, precisou defender em dois tempos.

Outra chegada do Cruzeiro veio aos 26min, com Rafael Sóbis, que chutou e a bola passou bem perto da trave.

Desta maneira, a Raposa era bem melhor naquele momento e ainda perdeu uma grande chance de ampliar aos 33min, com o volante Rômulo, que mandou um petardo na trave.

Porém, antes do intervalo, o time da casa também voltou a assustar, aos 41min, quando Renan Mota chutou, meio sem jeito, mas a bola passou bem perto do gol.

Segundo tempo

Depois do intervalo, a partida começou mais truncada, com poucas oportunidades pera o dois lados.

O time da casa tocava muito a bola no campo de ataque, mas não conseguia criar oportunidades de fazer o gol.

Por sua vez, a Raposa já não criava mais tantas chances como no primeiro tempo de jogo.

Ainda assim, o time mineiro teve uma boa chance aos 34min, quando Thiago cabeceou por cima do gol de Georgemy.

Mas, no final, ninguém conseguiu mexer no placar e, nos acréscimos, Bissoli ainda perdeu grande chance para o Cruzeiro, em chute que passou bem perto do gol.

Leia também: Brasil passa fácil pela Tunísia na estreia do vôlei masculino nos Jogos de Tóquio

 

Veja Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.