Criolipólise: conheça a tendência da lipo sem cortes

0

Queridinha do momento, a criolipólise, chamada também de lipo sem corte, chegou para ajudar você a eliminar aquele “pneuzinho” que nem as atividades físicas conseguiram tirar. Neste sentido, a técnica modela o corpo por meio de aparelhos que congelam a gordura localizada de forma segura e não invasiva.

Por isso, o aparelho pode melhorar o contorno corporal, reduzindo em média 40% da gordura da região tratada de forma não invasiva.

Como funciona?

A criolipólise é uma técnica não invasiva que produz um resfriamento a até -10º controlado das células de gordura. Assim, gera uma morte programada destas, reduzindo em até 40% o tecido adiposo que foi atingido.

Indicação da criolipólise

Por isso, indica-se a criolipólise aos clientes que desejam melhorar a celulite e reduzir a gordura localizada. Afinal, ela pode ser realizada no abdômen, costas, braços, coxas e flancos.

Sobretudo, com apenas uma sessão de tratamento, vê-se resultados incríveis.

Cuidados pós-crialipólise

A criolipólise é um procedimento não invasivo e não faz uso de anestesia, portanto, a sua recuperação é tranquila. Sendo assim, o paciente pode retornar às atividades normais imediatamente, não sendo necessário nenhum tipo de repouso.

Porém, algumas reações podem aparecer depois da criolipólise. As mais comuns são vermelhidão, inchaço e hematomas leves. Além disso, dores podem surgir e durar até uma semana, mas o paciente pode fazer o uso de analgésicos para amenizá-las.

Para melhores resultados após o procedimento, recomenda-se, ainda, a utilização de cinta ou sessões de drenagem linfática.

Em resumo, a criolipólise é o tratamento mais moderno e eficaz para gordura localizada do mercado, a técnica utiliza um resfriamento intenso e localizado, onde as células de gordura são destruídas com o frio, sem causar danos aos tecidos adjacentes. Uma vez “congelada” a gordura não volta à sua forma normal, sendo eliminada pelo organismo.

Veja aqui algumas outras dicas saudáveis para emagrecer.

Gostou do artigo? Deixe o seu comentário.

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.