CPI da Covid busca ouvir 15 membros do governo Bolsonaro

1

A CPI divulgou que pretende ouvir cerca de 15 membros do governo Bolsonaro para iniciar as investigações em escala federal. Um dos possíveis chamados é para o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, juntamente com o ex-ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, que pediu demissão após ser pressionado por Arthur Lira e Rodrigo Pacheco, presidente da Câmara e do Senado, respectivamente. 

A proposta de convocação ainda precisa ser aprovada. O presidente Bolsonaro argumenta que não é apenas o federal que deve ser investigado, mas também os estaduais e municipais. Lira argumenta que isso não é possível e João Doria critica a decisão. 

O intuito da investigação é compreender se realmente houveram omissões do governo em relação a pandemia e a compra de insumos para os hospitais. 

Leia mais: Bolsonaro promete 18 milhões de vacinas ainda em abril

Bolsonaro e as investigações sobre vacinas

Atualmente, apenas 3,8% da população recebeu as duas doses da vacina. Além disso, tanto o presidente do Senado quanto da Câmara argumentam que a quantidade de pessoas vacinadas é menor que as doses compradas. Já houveram escândalos em todo o Brasil de cargas que desapareceram ou de empresários que se vacinaram antes do prazo.

Atualmente, muitos banqueiros e donos de grandes empresas, como é o caso do Luciano Hang, desejam vacinar os funcionários de forma particular. Contudo, a compra das vacinas não é permitida e ficou destinada somente para o setor público, mais especificamente o SUS.

Os entrevistados devem ser aqueles que comandaram grandes cargos durante a pandemia, como é o caso dos ministros da Saúde. A entrevista inicial ocorreu com o jornal O Globo e a matéria é apenas para os assinantes. 

Cerca de 20 milhões de pessoas receberam somente a primeira dose e mais de 1,5 milhões delas não voltaram para tomar a segunda, ainda não se sabe o porquê e acredita-se que possa haver sido uma perca de dias ou então a crença de que estariam protegidos com apenas uma dose. 

Leia mais: ‘Não farei ‘negociata’ com o governo Bolsonaro’, diz presidente da CPI

Leia Também:

1 comentário
  1. […] CPI da Covid busca ouvir 15 membros do governo Bolsonaro […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.