Covid-19: “Vitória do negacionismo”, diz diretor do Butantan sobre pandemia no Brasil

Dimas Covas avalia que falta responsabilidade ao governo federal

5

O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, disse que o cenário catastrófico no Brasil devido à pandemia de Covid-19 é uma “vitória do negacionismo”. A declaração foi dada em entrevista ao jornal O Globo publicada nesta quarta (7).

Segundo o hematologista, o alto número de casos confirmados e mortes causadas pela Covid-19 no Brasil é consequência direta da falta de responsabilidade do governo federal, que se coloca contra medidas de isolamento social defendidas por Dimas Covas para frear o avanço do coronavírus no país.

“Não temos uma adesão nacional e um discurso único. Temos muitos discursos, inclusive os contrários a isso. Discursos de autoridades importantes da República que dizem que as pessoas não têm que ficar em casa”, afirmou.

Covas ainda disse que existe um duplo comando da epidemia no Brasil, o da ciência e o do negacionismo. “Hoje o Brasil é campeão do mundo na epidemia, e isso significa uma vitória do negacionismo. Estamos perdendo a batalha”.

Assim como outros especialistas da área de Saúde, Dimas Covas cobra unificação dos discursos de enfrentamento à Covid-19 entre todas as esferas de poder do Brasil. “A falta de um discurso unificado e de um entendimento correto do que é a epidemia é fatal”, avalia o diretor do Butantan.

Politização da pandemia de Covid-19 prejudicou o Butantan e o Brasil

Na avaliação de Dimas Covas, a politização da pandemia e da corrida pela imunização prejudicou o combate ao coronavírus. Como o Instituto Butantan tem ligação com o governo de São Paulo, o diretor avalia que houve pressão externa por parte do governo federal ao qual o governador do estado, Joao Doria (PSDB), se coloca como opositor.

“O fato de o Butantan não ter sido contratado no ano passado, ter sido preterido quando ofereceu vacinas ao ministério? Houve uma questão política que atingiu fortemente o Butantan. O governo do estado de São Paulo veio em defesa e usou das armas da política para isso. O fato é que o Butantan neste momento é a espinha dorsal da vacinação no Brasil”.

Além de ser responsável pela CoronaVac no Brasil, o Instituto Butantan trabalha no desenvolvimento de outra vacina contra Covid-19: a ButanVac, que aguarda aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária para ser testada em humanos. O Instituto também criou um soro anticovid com base no plasma do sangue de cavalos. O medicamento aguarda aprovação e mais testes serão conduzidos.

Veja também: “Acho imoral”, diz ex-presidente da Anvisa sobre compra de vacinas contra Covid-19 por empresas

 

Leia Também:

5 Comentários
  1. […] Covid-19: “Vitória do negacionismo”, diz diretor do Butantan sobre pandemia no Brasil […]

  2. […] Leia também: Covid-19: “Vitória do negacionismo”, diz diretor do Butantan sobre pandemia no Brasil […]

  3. […] Leia também: Covid-19: “Vitória do negacionismo”, diz diretor do Butantan sobre pandemia no Brasil […]

  4. […] Covid-19: “Vitória do negacionismo”, diz diretor do Butantan sobre pandemia no Brasil […]

  5. […] Leia também: Covid-19: “Vitória do negacionismo”, diz diretor do Butantan sobre pandemia no Brasil […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.