Covid-19: São Paulo terá medidas restritivas no final do ano

O governo de São Paulo anunciou que adotará medidas mais restritivas para conter a pandemia de Covid-19 durante as festas de final de ano.

4

Em coletiva de imprensa realizada na tarde desta terça-feira, 22 de dezembro, o governo do estado de São Paulo anunciou que adotará medidas mais restritivas de circulação durante as festas de final de ano. Acima de tudo, as medidas visam diminuir o ritmo de avanço da pandemia de Covid-19. 

Nas últimas semanas, houve um aumento do número de casos da doença em todo o país. Na última segunda-feira, 21 de dezembro, o Brasil ultrapassou a marca dos 187 mil óbito em decorrência da Covid-19. Dessa forma, a média móvel de casos fatais da doença tornou-se a pior dos últimos três meses. A média móvel é calculada com base na média do número de mortes em decorrência da doença nos últimos sete dias. A taxa de ocupação das Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) na grande São Paulo segue acima de 60%. Assim, essa taxa quase dobrou quando comparada a dois meses atrás na rede municipal de saúde.

Por essa razão, o governo do estado anunciou hoje as medidas para conter o avanço da covid-19 na cidade. Em primeiro lugar, entre os dias 25 a 27 de dezembro e 1° a 3 de janeiro, apenas os serviços essenciais estarão funcionando. Por exemplo, farmácias, padarias e mercados. Como resultado, o funcionamento de restaurantes, bares, salões de beleza, entre outros, será restrito. O anúncio foi feito pelo Comitê do Centro de Contingência da Covid-19 do Governo do Estado. Nos demais dias, o funcionamento do comércio deverá respeitar as regras já em vigência, de acordo com a fase amarela do Plano São Paulo.

Análise da covid-19 nas próximas semanas

De acordo com Patrícia Ellen, Secretária do Desenvolvimento Econômico, nenhuma região do estado avançará para a fase verde do programa durante o mês de janeiro. Em 7 de janeiro a situação deverá ser analisada novamente. Contudo, caso as medidas adotadas durante as festas não resultem na diminuição de casos de covid-19, poderão ser adotadas restrições mais rígidas.

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.