Covid-19: São Paulo exigirá comprovante de vacinação para todos os eventos na cidade

Medida entra em vigor a partir da próxima segunda (10) e inclui eventos com menos de 500 pessoas

0

A Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo anunciou que o comprovante de vacinação contra Covid-19 passará a ser exigido em todos os eventos na cidade a partir da próxima segunda-feira (10). A medida será adotada por conta do aumento de casos provocado pela nova variante Ômicron, a mais transmissível desde o começo da pandemia.

“Tínhamos um protocolo inicial que apontava que eventos com mais de 500 pessoas deveriam exigir o passaporte. Estamos fazendo essa alteração em função do quadro epidemiológico que a cidade vive hoje. Enquanto existir esse quadro de ascensão da variante Ômicron na cidade, vamos exigir para qualquer evento a necessidade do passaporte”, disse o secretário municipal da saúde de São Paulo, Edson Aparecido.

O aumento de casos e hospitalizações por síndrome respiratória aguda grave (SRAG), que engloba casos de Covid-19 e gripe Influenza, vem sendo observado desde o mês de dezembro do ano passado. Os principais fatores seriam a chegada da Ômicron ao país e também o surgimento de outra variante da H3N2.

De acordo com a Prefeitura de São Paulo, na quarta-feira (5), 53 mil pacientes buscaram os serviços de saúde na capital paulista por causa de problemas respiratórios. Para dar conta da crescente demanda, o prefeito Ricardo Nunes (MDB) determinou que todas as unidades de Assistência Médica Ambulatorial (AMAs) e Unidades Básicas de Saúde (UBS) passem a funcionar também aos sábados.

Com alta de casos de Covid-19, São Paulo cancela carnaval de rua

O cenário epidemiológico na capital paulista preocupa a gestão municipal, que ontem anunciou também o cancelamento do carnaval de rua deste ano. Os desfiles de escolas no Sambódromo do Anhembi devem ser mantidos, desde que a Liga das Escolas de Samba aceite cumprir os protocolos sanitários contra Covid-19.

A melhor proteção durante a nova onda de casos segue sendo a vacina, segundo a Prefeitura de São Paulo. “A vacinação diminui o número de óbitos. É incontestável os dados técnicos de que a vacina salva vidas. A vacinação foi aumentando e os óbitos diminuindo. São Paulo, a capital mundial da vacina, teve uma redução muito grande do número de óbitos por conta da vacina”, disse o prefeito Ricardo Nunes.

A gestão municipal também pede para que os paulistanos sigam evitando aglomerações e cumprindo as recomendações sanitárias, como o uso de máscaras e a higienização das mãos.

5/5 - (1 vote)

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.