Covid-19 resulta em 97,5% de casos de SRAG do Brasil

Brasil tem 8 mortes por SRAG indeterminada a cada 10 óbitos pela doença causada pelo coronavírus

0

Hoje (18/09), de acordo com o InfoGripe,  97,5% dos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) decorrem da Covid-19.

O boletim é da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Saiba mais!

Covid-19 e a SRAG

Vale ressaltar que a SRAG é uma complicação respiratória grave e até fatal. Em geral, por exemplo, a Síndrome está associada ao agravamento de alguma infecção viral.

Os sintomas da SRAG são, em geral: desconforto respiratório e queda no nível de saturação de oxigênio. Alpem disso, falta de ar, sintomas de asma e até morte por sufocamento (caso não haja atendimento médico).

Assim, de acordo com a Fiocruz, as ocorrências de SRAG em 2020 aumentaram. Conforme a Fundação, em decorrência da pandemia de Covid-19.

Em um comparativo, no ano passado, por exemplo, foram 39,4 mil casos de SRAG. No entanto, em 2020, já são 447.840 mil pessoas com SRAG. Além disso, 54% das mais de 447 mil testaram positivo para algum vírus respiratório.

Enquanto isso, entre as ocorrências com exame positivo para infecção viral, foram identificados quadros de SRAG associados não apenas à Covid-19 (97,5%). Mas, também, ao vírus influenza A (0,5%).

Em seguida, por vírus sincicial respiratório (0,4%) e ao vírus influenza b (0,2%).

Já em relação a mortes, conforme a Fiocruz, 99,3% dos óbitos neste ano têm relação com a Covid-19.

Além disso, até o momento, são 111.575 mortes por SRAG em 2020. Em 2019, foram “apenas” 3.811.

Já conforme o site IG, Brasil tem 8 mortes por SRAG indeterminada a cada 10 por Covid-19.

Ainda, mortes pela Síndrome Respiratória Aguda Grave em 2020 é 13 vezes maior que a média dos cinco anos anteriores.

É possível concluir, então, que mortes e casos de SRAG cresceram “violentamente” depois que a pandemia da Covid-19 se instalou no Brasil e no mundo…

Com informações da FioCruz e Agência Brasil 

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.