Covid-19: número de mortes se aproxima de 190 mil

2

O Ministério da Saúde divulgou na última quarta-feira, dia 23, os dados referentes às últimas 24 horas sobre pandemia de Covid-19 no Brasil.  O país enfrenta neste momento uma nova onda da doença. Diversas regiões retornaram à fase amarela, enquanto o governo federal se recusa a apresentar um plano de vacinação.

Diante da nova escalada da pandemia, João Doria (PSDB-SP), governador de São Paulo, decretou recuo no Plano São Paulo. O mesmo ocorreu com o plano Minas Consciente em Minas Gerais, sob administração de Romeu Zema (Novo). Por isso, ambos os estados retornaram à fase amarela, o que tem ocorrido com a maioria dos estados no país. O horário de funcionamento de alguns estabelecimentos foi, portanto, reduzido e outros, como cinemas, ficarão fechados por prazo indeterminado.

Com isso, o país está a caminho do décimo mês de pandemia, durante a qual a média de isolamento apresentada foi baixa, cerca de 30% da população. O que é considerado baixo pelos especialistas. Isso somado ao afrouxamento das medidas protetivas nos últimos dois meses levou à atual intensificação da pandemia.

Desse modo, os números aumentaram em relação aos 14 dias anteriores e a média móvel de óbitos ultrapassou a marca de 700 mortes a cada 24 horas.

Sobre o boletim oficial

O governo federal atualiza o boletim, intitulado Painel Coronavírus, a cada 24 horas com os dados mais recentes sobre a pandemia. Para tanto, as Secretarias Estaduais de Saúde enviam o material ao Ministério, com exceção dos finais de semana. Nesses pode haver atraso no repasse, o que explica os números muito abaixo da média móvel aos sábados e aos domingos.

Casos de Covid-19 confirmados

De acordo com o Ministério da Saúde, essa quarta-feira totalizou 7.365.517 milhões de pessoas infectadas pelo novo coronavírus. Desse total, o número de novos casos de Covid-19 é de 46.696 brasileiros.

Óbitos confirmados

Ainda segundo o Painel Coronavírus, foram 961 novos óbitos pela Covid-19. Por isso, a média móvel ultrapassou a marca de 700 mortes por dia. Do mesmo modo, o total de vítimas da Covid-19 ultrapassou a marca de 180 mil mortes, e se aproxima da marca de 190 mil mortes. A média móvel de mortes atingiu o número de 777 óbitos por dia em relação aos últimos sete dias.

Portanto, de acordo com o painel do G1, o Brasil entrou novamente em situação de crescimento da pandemia de Covid-19. A situação voltou a uma agressiva expansão dos casos da doença. Dos 26 estados brasileiros, 15 estados apresentaram elevação da média móvel de mortes. Houve por isso uma variação de 9% da pandemia no Brasil nos últimos 14 dias.

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

2 Comentários
  1. Marko Diz

    Sabia disso pq não fazem nd

  2. Marko Diz

    Agora querem parar cambada de incompetentes

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.