Covid-19 mata mais homens que mulheres, dizem os dados

Pesquisas indicam possíveis efeitos protetores na genética feminina

3

Os números evidenciam que a Covid-19 mata mais homens que mulheres. Contudo, até o momento, a ciência não consegue explicar, com exatidão, o porquê dessa situação. Que existem diversos fatores de risco, todos sabem, mas e o sexo, como influencia na gravidade ou não da doença?

Levando em consideração os aspectos biológicos, o homem possui um cromossomo X que é herdado da mãe e um cromossomo Y que é herdado do pai. Por outro lado, a mulher possui duas cópias do cromossomo X, um herdado da mãe e outro do pai. Acontece que o cromossomo X desempenha um papel importante para o funcionamento do sistema imunológico, o que seria favorável ao sexo feminino. Tal embasamento foi realizado por Takehiro Takahashi e Akiko Iwasaki, em um artigo publicado na revista Science

Um outro estudo realizado recentemente na Holanda analisou pares de irmãos que adoeceram por Covid-19, sendo que um deles chegou a morrer. Assim, a análise genética mostrou que um gene, isto é, uma informação genética contida nos cromossomos, chamado de gene TLR7, estava defeituoso no garoto que morreu. Acontece que esse gene em questão, que está localizado no cromossomo X, produz proteínas importantes para o reconhecimento de vírus no corpo.

Partindo desse pressuposto e levando em consideração que as mulheres possuem duas cópias do cromossomo X, elas possuem uma certa vantagem imunológica, ao que parece. É importante ressaltar que apenas um cromossomo X permanece ativo dentro de uma célula. Contudo, nem sempre é a mesma cópia que está ativa na célula, ou seja, elas se alternam. Sendo assim, metade das células do organismo de uma mulher possui o cromossomo X vindo da mãe e a outra metade possui a cópia vinda do pai.

Essa situação, supostamente, daria vantagem às mulheres quanto a um sistema imunológico mais eficaz, haja vista que se um gene importante para a defesa estiver danificado em um cromossomo X, isso pode ser compensando pela outra cópia, em outras células. Isso, por outro lado, não acontece com os homens, podendo dar pistas sobre o porquê a Covid-19 mata mais homens que mulheres.

Hormônio feminino regula o sistema imunológico

Uma outra pista, segundo estudos, é que o estrógeno, um hormônio feminino, também possui papel importante no funcionamento do sistema imune. Uma explicação para isso é que o hormônio ajuda a diminuir proteínas inflamatórias, o que também pode ser um prenúncio de por que a Covid-19 mata mais homens que mulheres. A mesma situação serve como fio condutor para entender por que a mortalidade por Covid-19 aumenta consideravelmente a partir da menopausa, período no qual a produção de estrógeno cai.

É importante pontuar, por fim, que essas informações são prévias levantadas por estudiosos, os quais buscam encontrar uma explicação para a ausência de um padrão determinante na gravidade da Covid-19. Sendo assim, é imprescindível que novos estudos sejam realizados a fim de explicar, com exatidão, todos esses questionamentos e incógnitas impostas pela pandemia atual.

Leia Também:

3 Comentários
  1. […] Leia também: Covid-19 mata mais homens que mulheres, dizem os dados […]

  2. […] Covid-19 mata mais homens que mulheres, dizem os dados […]

  3. […] Leia também: Covid-19 mata mais homens que mulheres, dizem os dados […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.