Covid-19: ‘Estou no meu limite físico’, escreveu um perito aos amigos antes de morrer

O perito se despediu dos amigos antes de morrer: “Escrevo este texto em tom de despedida. Estou no meu limite físico e provavelmente serei intubado nas próximas horas", disse

3

Mensagens mostram que o presidente do sindicato de peritos da Paraíba, Guilherme Nogueira Batista, de 35 anos, sentia que não iria resistir ao agravamento da Covid-19. Em recado para os amigos em um grupo ele, que morreu na noite de terça-feira (06), relatou que estava em seu limite físico e mental, chegando a se despedir dos colegas.

Covid-19: “Vitória do negacionismo”, diz diretor do Butantan sobre pandemia no Brasil

“Escrevo este texto em tom de despedida. Estou no meu limite físico e provavelmente serei intubado nas próximas horas […] uma situação sem poucas chances de sucesso”, disse ele, que ainda completou desejando “a todos que convivi na terra, muita paz e luz”.

Em entrevista para o G1, Amanda Melo, que também é perita criminal e amiga de Guilherme, disse que “ele era muito querido e foi um incansável lutador por melhorias na nossa classe”. Segundo a perita, Guilherme começou a apresentar um estado grave de Covid-19 quando já estava internado, em 15 de março, sendo a mensagem de despedida enviada aos amigos no dia 17 do mesmo mês.

“Escrevo este texto em tom de despedida. Estou no meu limite físico e provavelmente serei intubado nas próximas horas”, disse o perito.(Foto: reprodução)

Ainda de acordo com Amanda Melo, Guilherme chegou a mandar outra mensagem no grupo, isso no dia 19 de março. Desta vez, revelou a mulher, o perito pedia para que os colegas não desistissem da perícia. “Ele pediu que continuássemos lutando pelo nosso reconhecimento, porque ele não conseguiria mais”, revelou.

Em nota, o SindPeritos PB lamentou a morte do profissional nesta quarta-feira (07). “Somos gratos por ter conhecido e convivido com esse generoso, que jamais mediu esforços em buscar de melhorias para nossa categoria”, diz o comunicado.

Guilherme, que além de perito criminal era biólogo e atuava como consultor ambiental e professor na área de perícia ambiental, deixa uma filha de um mês e a esposa.

Covid-19 na Paraíba

O perito é mais uma das mais de 6 mil vítimas da Covid-19 no estado da Paraíba. De acordo com o último boletim, divulgado na terça-feira (06), o estado tem hoje 265.457 casos confirmados da doença.

Leia também: Médica grávida morre de Covid-19 em MT; bebê foi salvo

Leia Também:

3 Comentários
  1. […] Covid-19: ‘Estou no meu limite físico’, escreveu um perito aos amigos antes de morrer […]

  2. […] Leia também: Covid-19: ‘Estou no meu limite físico’, escreveu um perito aos amigos antes de morrer […]

  3. […] Leia também: Covid-19: ‘Estou no meu limite físico’, escreveu um perito aos amigos antes de morrer […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.