Covid-19: Anvisa autoriza nova alteração no mapa das vacinas

0

Nesta quarta-feira (23), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária autorizou o aumento do número de voluntários nos estudos da vacina Sinovac. Essa vacina é realizada em parceria com o Instituto Butantã.

Anteriormente, o mapa do estudo estabelecia que 9 mil pessoas iriam participar dos testes. Agora, serão 13.060 voluntários. Além disso, o estudo da vacina chinesa será feito também nos estados de Mato Grosso do Sul e Mato Grosso.

Ainda, a vacina Janssen-Cilag, do grupo Johnson e Johnson, que anteriormente teve anuência para testes em sete estados brasileiros, agora terá a participação de voluntários de mais quatro estados nos testes. Foram incluídos nesta lista os estados de Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Santa Catarina e também o Distrito Federal.

Novas discussões sobre a vacina da Fiocruz

Nesta quarta-feira (23), o diretor presidente substituto da Anvisa, Antônio Barra recebeu a presidente da Fiocruz, Nísia Trindade. Na ocasião, os representantes das duas instituições dialogaram sobre a produção da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford e pela farmacêutica AstraZeneca. No Brasil, o imunizante será produzido na unidade Bio-Manguinhos da Fiocruz, no Rio de Janeiro. A Anvisa é o órgão regulador responsável pela análise do registro da vacina.

Além de manter o foco no combate à Covid-19, a Anvisa e a Fiocruz planejam, de forma estratégica, ações conjuntas para aprimorar pesquisas, programas de capacitação e produção de outras vacinas importantes para o país.

Com isso, o trabalho conjunto também prevê a busca pelo fortalecimento do Instituto Nacional de Controle de qualidade em Saúde (INCQS) como unidade que colabora para os processos regulatórios em saúde.

Com informações da Anvisa

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.