Coudet diz ser sobrinho do argentino que treinou o Brasil

0

Ontem o técnico do Internacional, Eduardo Coudet, participou do programa Bem, Amigos!, do canal por assinatura, SporTV. A atração está sendo apresentada por Cléber Machado. Pois, Galvão Bueno é do grupo de risco do Covid-19. Saiba mais sobre a entrevista aqui na seção de esportes do Brasil123.

Coudet Reprodução Twitter
Coudet Reprodução Twitter

O argentino surpreendeu todos quando disse ser sobrinho de Filpo Nuñez, antigo treinador do Palmeiras, responsável por formar a chamada academia de Parque Antárctica nos anos 70, com Dudu e Ademir Da Guia.

Eduardito, forma carinhosa, pela qual Coudet revelou ser chamado por Filpo, confessou igualmente sua satisfação que seu tio foi o único a argentino na história a comandar a seleção brasileira na história. Mais do que isso, o único técnico estrangeiro, de fato, da centenária história da seleção nacional. Saiba mais da história do futebol com o especialista do Brasil123, Rodrigo Ramos.

O tio de Coudet fez história no Brasil

Isso ocorreu nos anos 70 quando o Brasil, representado por um combinado do Palmeiras da academia, mais jogadores de outros clubes de São Paulo, se viu diante da missão de arrumar um treinador de urgência para um amistoso. Eis que surgiu o tio de Eduardo.

Acima de tudo o registro histórico se deve positivamente pois a então CBD (Confederação Brasileira de Desportos), mostrou toda sua felicidade ao contar com Filpo que trouxe a vitória para a seleção naquele distante 1975.

Sobrinho ou não, de fato, de Filpo, Chacho Coudet está seguindo os caminhos de prosperidade do tio Nuñez no futebol brasileiro. Pretendendo, reavivar a Academia do Povo, apelido consagrado ao Internacional dos anos 70, imortalizado pelo narrador esportivo Haroldo de Souza. Então, vindo de Minas Gerais, e agraciado com o posto de principal narrador da Rádio Gaúcha, de Porto Alegre.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.