Coronavírus: OMS diz que o pior da pandemia ainda está por vir

Apesar do tom pessimista, o chefe do programa de emergências da OMS, Mike Ryan, celebrou o enorme progresso na busca por uma vacina segura e eficaz para prevenir a doença.

0

Com o número crescente da pandemia no mundo, parece que o coronavírus vai ficar muito tempo pelo planeta.

É o que disse o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus.

Nesta segunda-feira (29), ele alertou que a covid-19 está longe de terminar e que as pessoas precisam aguardar que “o pior ainda está por vir”.

Isso foi falado após o mundo chegar a marca de 10 milhões e 500 mil mortos desde quando o coronavírus foi identificado no mundo, conforme dados da Universidade Johns Hopkins.

“Todos nós queremos que isso acabe. Todos queremos continuar com nossas vidas. Mas a dura realidade é que isso não está nem perto de terminar. Embora muitos países tenham feito algum progresso globalmente, a pandemia está realmente acelerando. A maioria das pessoas permanece suscetível, o vírus ainda tem muito espaço para se movimentar”

Apesar do tom pessimista, o chefe do programa de emergências da OMS, Mike Ryan, celebrou o enorme progresso na busca por uma vacina segura e eficaz para prevenir a doença.

Mas, ele lembrou que ainda não há garantia de que o esforço conjunto será bem-sucedido contra o coronavírus

Progresso da vacina no Brasil

Coronavírus: OMS diz que o pior da pandemia ainda está por vir
Coronavírus: OMS diz que o pior da pandemia ainda está por vir – Foto: REUTERS/Denis Balibouse/File Photo

Já aqui no Brasil, o Ministério da Saúde anunciou que vai começar a produzir  30,4 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 em parceria com a Universidade de Oxford.

Ao todo será um investimento de US$ 127 milhões para o novo coronavírus.

Neste momento os testes contra o coronavírus estão em fase final e o primeiro lote deve ser produzido em dezembro deste ano, e o segundo em janeiro de 2021 pela Bio-Manguinhos.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.