Corinthians inicia a pré-temporada ainda sem o tão sonhado atacante ‘medalhão’

Embora tenha montado um time forte desde a metade do Campeonato Brasileiro de 2021, o Timão ainda precisa de um centroavante

0

O Corinthians inicia nesta segunda-feira (10) sua pré-temporada para 2022 sem o seu grande reforço para o setor ofensivo, contrariando as expectativas.

Embora tenha montado um time forte desde a metade do Campeonato Brasileiro de 2021, o Timão ainda precisa de um centroavante de referência, que ainda não conseguiu contratar.

Veja em seguida: XV de Jaú vence o Grêmio na última rodada da Copinha, mas já está eliminado

Atualmente, o técnico Sylvinho tem apenas o experiente Jô, de 35 anos, como referência no setor. E já sem jogar o mesmo futebol eficiente de anos atrás.

Agora, a equipe alvinegra sonha com dois nomes de frente, mas que ainda parecem distantes.

Primeiramente, o alvo inicial era o atacante uruguaio Edinson Cavani, que está no Manchester United, da Inglaterra.

Isso porque o atleta já está em final de contrato com o time inglês e poderia sair já nesta janela de transferências, em janeiro.

Entretanto, o técnico alemão Ralf Rangnick, que comanda os ‘Reds Devis’, já disse que pretende contar com o atleta e, em entrevista neste final de semana, disse que teve uma conversa de mais de meia hora com ele. Na ocasião, Cavani se mostrou disposto a continuar.

Veja em seguida: Manthiqueira e Vitória da Bahia fazem despedida melancólica da Copinha na segunda-feira (10)

Além disso, os valores financeiros são muito altos e, se o Corinthians quiser mesmo contratar o astro da seleção uruguaia, terá que desembolsar cerca de R$ 20 milhões anuais apenas com o atleta.

Plano B

Agora, o plano B do Corinthians também é difícil, mas mais próximo da realidade: o atacante Diego Costa.

No momento, o jogador está se desligando do Atlético Mineiro, por onde jogou o segundo turno do Campeonato Brasileiro e participou da conquista do título nacional e também da Copa do Brasil.

Contudo, ele pediu para sair e, assim que a rescisão for oficializada, o Corinthians promete partir para cima.

Todavia, o aspecto financeiro também pesa e o Timão não tem bala na agulha para pagar o valor que o Galo paga hoje para Diego Costa. Assim, clube e jogador precisariam entrar em um consenso.

Veja em seguida: Santos vence a Ferroviária e fecha a primeira fase da Copinha com 100% de aproveitamento

5/5 - (1 vote)

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.