Conheça os benefícios da dieta mediterrânea

0

A dieta mediterrânea não é especificamente uma dieta para perda de peso, mas cortar carnes vermelhas, gorduras animais e alimentos processados pode levar à perda de peso.

História

A dieta mediterrânea tem como base hábitos alimentares dos habitantes de Creta, Grécia e sul da Itália na década 60, período em que a região estava entre as menores taxas de doença crônica do mundo e a expectativa de vida entre as mais altas, apesar dos serviços médicos limitados.

Por isso, em áreas onde existe a prática da dieta, há taxas mais baixas de mortalidade e doenças cardíacas e outros benefícios.⠀

Benefícios da dieta mediterrânea

O cientista americano Dr. Ancel Keys, começou a explicar os benefícios da dieta mediterrânea nos anos 1950, mas não se tornou popular nos EUA até a década de 1990. Além do estilo de vida mais ativo, a redução na carne vermelha e açúcares adicionais têm sido associados a uma baixa incidência de acidente vascular cerebral e doença coronariana.

Nesse sentido, mais benefícios estão ligados a menor resistência à insulina, diminuição da gordura visceral e comprovados impactos na saúde intestinal. Esses levam a uma diminuição da inflamação do organismo, tornando-o mais saudável e menos suscetível ao desenvolvimento de doenças crônicas e autoimunes.

Qual é a dieta?

  • O padrão alimentar mediterrâneo é caracterizado pelo consumo de uma grande quantidade de alimentos de origem vegetal (frutas, legumes, verduras e leguminosas);
  • ingestão moderada de cereais (arroz, massa e pães integrais) e peixe;
  • ingestão regular de azeite extra virgem, abacate e nozes/ castanhas;
  • alimentos fermentados (iogurte, chucrute, natto, kombucha);
  • menor consumo de carne vermelha;
  • Também há redução de alimentos alergênicos (leite e laticínios, e glúten), industrializados e processados. Em alguns casos há ocasional consumo de vinho tinto (uma taça ao dia).⠀

Contudo, mesmo com tantas vantagens da dieta mediterrânea, é fundamental consultar um nutricionista para verificar as porções adequadas de cada ingrediente e substituições para prevenção de deficiências.

Por fim, veja aqui outros tipos de dieta que funcionam.

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.