Confira quem precisará comparecer nas agências do INSS para garantir o benefício após a reabertura

11

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) optou por manter suspensa, até 30 de setembro, a exigência de recadastramento anual de aposentados e pensionista, popularmente conhecida como “prova de vida”. 

O objetivo da medida é evitar aglomeração nas agências e consequentemente diminuir o contágio dos segurados, que em geral fazem parte dos grupos de risco, bem como dos servidores.  

Esse prazo, no entanto, é exclusivo para dependentes que tiveram o benefício suspenso após o dia 30 de março. 

Aqueles que passaram por suspensão antes da data, precisam ir ao banco ou a uma agência do INSS para realizar a prova de vida — do contrário, podem ter o benefício cancelado. Ao comparecer em uma agência é necessário apresentar um documento de identificação com foto. 

A prova de vida é um procedimento obrigatório feito anualmente no mês de aniversário de cada aposentado e pensionista da União. O objetivo da medida é garantir que o usuário continue recebendo seu benefício.   

Caso algum beneficiário não consiga comparecer às agências bancárias por questões de saúde que impossibilitem a locomoção, a comprovação pode ser realizada por meio de um procurador registrado no INSS. 

Novidade

Recentemente uma portaria publicada no dia 27 de junho, autorizou os bancos a efetuarem a prova de vida por meio de procurador ou representante legal que não seja cadastrado no INSS.

A medida é válida exclusivamente para segurados com idade igual ou superior a 60 anos. 

O texto ainda destacou que a dispensa do cadastramento junto ao INSS não impossibilita que o documento seja rejeitado.

Caberá ao servidor durante a análise de cada caso, identificar se há ou não indícios de falsidade. 

Importante destacar que, apesar de a prova de vida normalmente ser realizada no mês de aniversário do beneficiário, o INSS poderá solicitar quando considerar necessário o documento apresentado, autenticado ou não. 

11 Comentários
  1. ADEMIR FAUSTINO GONÇALVES Diz

    O inss tem que agilizar as análises dos pedidos de benefícios que está demorando muito a espera já ultrapassa 2 anos

  2. Antônio correria de Araújo Diz

    Só falam e nada faz pelos as APOSENTADO EU SOU APOSENTADO TRABRAHEI 57 ANOS QUANDO EU APOSENTEI GANHANDO QUATRO SALÁRIO HOJE GANHO UM SALÁRIO TENHO INPRESTIMO RECEBO DE 890 REAIS FIZ ANIVERSÁRIO NO DIA 05 DE 08 ESSE MES SABE QUAL MEU ALMOÇO SALAME FARINHA E AQUA TIRAM DE TRABRALHOU TANTO PRA DAR A QUEM NUNCA PAGOU A PREVIDÊNCIA E DROGA E BANDIDOS TODOS RECEBENDO O S 600 FICAM FALANDO ENGANADO OS APOSENTADOS TUDO QUE ELES FALAM E MENTIRA DELES VAMOS DAR O TROCO A ELEIÇÃO VEM AI

  3. Melise Marciano da Silva Diz

    Não estou conseguindo receber o auxílio emergencial pq no cadastro consta que cidadão recebe benefício previdenciário ou assistencial. Recebo a pensão do meu filho que é depositada pelo INSS em minha conta poupança por ordem judicial pq o pai do meu filho é afastado pelo INSS. Acho que deve ser isso que está fazendo com que eu não receba o auxílio emergencial. Por favor me ajudem. Pago aluguel e estou desempregada. Whatsapp 16993753868. Obrigada

  4. Antonio Ferreira Diz

    A .minha mãe e pensionista do INSS ela tem direito a esse dinheiro

  5. Eliane Diz

    meu salário maternidade até agora em análise ,

  6. Antônio Carlos Correa Santos Diz

    Sou aposentado 175.118.874-1, solicitei uma revisão em 28/01/2019, Revisão de Reajustamento do valor do Benefício, e até presente data, o INSS me diz que está em Análise.necessito e preciso da finalização desse processo. PROTOCOLO DE REQUERIMENTO 1342245148 de 28/01/2019

  7. Maria José Ferreira de Moraes Diz

    Sou aposentada desde 2011,. Trabalhei desde meus sete anos de idade no interior não se tem oportunidades a pobresa é no o que mais se vê quem no tem um pedaço de terra planta uma horta uma mandioca, para terno que comer se passa fone sou de uma família de vc quatros irmãos a mais nova especial eu e minha irmã mais velha que ajudavam os meus pais andávamos 2 horas para chegar na escola mesmo assim com toda lutas dos meus pais estudamos até ensino médio isso porque viemos para cidade grande meu primeiro com carteira assinada era de menor com 13 para 14 anos no comércio, tenho duas carteiras de menor na hora de aposentar só consideraram a última já de maior as outras nem olharam resumo da ópera fui aposentada por idade com salário mínimo que mais de 50*/* só para remédio e comer vento, com essa pandemia o que o que o governo deu de benefícios para o aposentados a não ser antecipar o 13* terceiro salário e nada mais, agora auxílio emergencial para pessoas que nunca nem contribuiu auxílio recrusao para bandidagem e boa políticos corruptos tem auxílio para tudo o pobre trabalhador nada. É né uma vergonha.. alguém tem que se compadecer com nossa classe.

  8. Maria das Graças Souza Crescêncio Diz

    Não justo nos dias de hoje que estamos vivendo , uma pessoa se aposenta com quatro salários mínimo hj só recebe um é demais gente sobreviver é demais gente ajudei esse senhor a resolver pelo amor de Deus.

  9. Maria das Graças Souza Crescêncio Diz

    Os deputados os senadores olhem pela essas pessoas que necessitam de apóio pra resolver suas pendências com o INSS

  10. Maria do Socorro Corrêa da Silva Diz

    Estou esperando a pensão do meu marido, faleceu em maio e estou sem nem uma renda era dependente dele😭

  11. Ivan Marcos Bentivenha Diz

    Nessecidade é o que mais passo ficam só nos enganando com mentiras até a eleição depois ninguém lembra mais e as dificuldades só aumentam, hoje pra aposentado a morte é um conforto, depois de mais de 30 anos trabalhando…

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.