Como tratar candidíase: O que fazer para melhorar o problema

2

Saber como tratar candidíase é fundamental para quem sofre do problema. Ela pode afetar muitas regiões anatômicas. A doença crônica requer um tratamento mais sustentado do que a candidíase aguda.

como tratar candidíase

O que é e como tratar candidíase?

Candidíase é uma forma de micose causada pelo crescimento anormal de uma levedura patogênica, Candida albicans. Pode afetar o cólon, todo o trato digestivo (incluindo a boca) ou as áreas genitais. Muitas pessoas sofrem desse tipo de condição, às vezes até sem saber.

Chama-se de aguda, quando os distúrbios são rapidamente identificados. Além disso, são tratados e curados. Ao ser diagnosticada e tratada e houver recorrência dos sintomas, classifica-se como recorrente.

Em alguns casos, os distúrbios digestivos ou íntimos persistem porque não estão relacionados a uma infecção por fungos e, portanto, sua causa não é tratada. Nesse caso, falamos de candidíase crônica.

Como diagnosticar o problema?

Quando o médico diagnostica candidíase crônica, ele prescreve um tratamento antifúngico por via oral, na forma de cápsulas ou solução líquida. Em uma mulher, se ele visualizar sinais de infecção íntima por fungos, recomendará, então, o uso de óvulos antifúngicos a serem inseridos na vagina como tratamento local. Em alguns casos, ele também pode prescrever antibióticos para evitar a superinfecção.

Esse tipo de tratamento é eficaz em curto prazo e geralmente é suficiente para tratar a candidíase aguda. Mas, no caso da candidíase crônica, muitas vezes é necessário encontrar uma solução para reequilibrar a microbiota intestinal e íntima, a fim de restaurar sua eficácia e prevenir a recorrência.

Suplementos alimentares em probióticos

Os probióticos fazem parte de nossas defesas naturais. São membros plenos do sistema imunológico. Dentro da flora intestinal e da microflora íntima, eles estão na forma de fermentos lácticos da família dos lactobacilos, estreptococos, lactococos e leveduras benéficas do grupo dos saccharomyces.

A fim de restaurar um ambiente hostil duradouro ao desenvolvimento de Candida albicans, um dos remédios mais eficazes é o fornecimento de probióticos em grandes quantidades nas várias microbiotas alteradas.

Tomar suplementos de probióticos orais, portanto, tem a imensa vantagem de ressemear rapidamente a microflora intestinal, mas também a flora íntima.

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.