Como se inscrever no CadÚnico para receber o Bolsa Família; veja agora mesmo

Participação no programa é pré-requisito para diversos projetos sociais

5

Como forma de selecionar beneficiários para os projetos sociais, o governo utiliza a base de dados do Cadastro Único. Mas além disso, o programa também é utilizado para identificar e caracterizar as pessoas em situação de vulnerabilidade social e econômica a fim de que seja possível criar políticas públicas e prestar assistência mais direcionada a esta população. Assim sendo, saiba como se inscrever no CadÚnico para receber o Bolsa Família.

Além do Bolsa Família, outros programas usam o CadÚnico para selecionar os participantes. Concursos públicos e seleções também usam-no para conceder isenção dos candidatos nas taxas de inscrição.

Como se inscrever no CadÚnico para receber o Bolsa Família; veja agora mesmo
Como se inscrever no CadÚnico para receber o Bolsa Família; veja agora mesmo – Imagem: Sabrina Bologna/G1

Saiba como se inscrever no CadÚnico para receber o Bolsa Família

Para que seja possível participar e receber o Bolsa Família, os interessados devem, primeiramente, estar inscritos no Cadastro Único.

Para tanto, é necessário que a família atenda ao critério de renda:

  • Renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa; ou
  • Até três (3) salários mínimos de renda mensal ​tota​l.

Desse modo, é necessário que uma pessoa, de preferência uma mulher, com no mínimo 16 anos de idade, que more na mesma casa que as demais pessoas e seja integrante da família inscreva sua família no CadÚnico, ela será chamada de Responsável Familiar (RF).

Desse modo, a documentação necessária para efetuar o cadastro varia de acordo com o RF; confira:

  • RF: deve comparecer com o CPF ou o Título de Eleitor;
  • Responsável pela família indígena: CPF, Título de Eleitor, Registro Administrativo de Nascimento Indígena (RANI) ou documentos de identificação, como Certidão de Casamento, Carteira de Identidade (RG) e Carteira de Trabalho;
  • Responsável pela família quilombola: CPF, Título de Eleitor ou outros documentos de identificação, como Certidão de Casamento, Carteira de Identidade (RG) e Carteira de Trabalho.

Além disso, o RF deve estar com um comprovante de residência atual (do último mês), com o comprovante de matrícula escolar de crianças e jovens com até 17 anos de idade e com pelo menos um dos seguintes documentos de todos os membros da família:

  • Certidão de Nascimento;
  • Certidão de Casamento;
  • CPF;
  • Carteira de Identidade – RG;
  • Carteira de Trabalho ou
  • Título de Eleitor.

O interessado deve procurar o setor municipal responsável pelo programa.

Outros projetos que utilizam o CadÚnico

Além do Bolsa Família, o CadÚnico é utilizado nos seguintes programas:

  • Casa Verde e Amarela;
  • Bolsa Verde – Programa de Apoio à Conservação Ambiental;
  • Programa de Erradicação do Trabalho Infantil – PETI​;
  • Fomento – Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais;
  • Carteira do Idoso;
  • Aposentadoria para pessoa de baixa renda;
  • Programa Brasil Carinhoso;
  • Programa de Cisternas;
  • Telefone Popular;
  • Carta Social;
  • Pro Jovem Adolescente;
  • Tarifa Social de Energia Elétrica;
  • Passe Livre para pessoas com deficiência;
  • Isenção de Taxas em Concursos Públicos.

Veja ainda: Bolsa Presença: conheça o benefício de R$ 900 para inscritos no CadÚnico

Para conferir mais informações acerca dos Direitos dos Trabalhadores, clique aqui.

Veja Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.