Começa a “temporada de raios” no Brasil. Veja como se proteger

A chance de ser atingido por um raio é muito pequena. Mas no Brasil, cerca de 130 pessoas morrem assim todos os anos

0

Começou de vez a “temporada de raios” no Brasil. Essa é justamente a época onde acontecem mais descargas elétricas aqui no país. Por isso, é hora de redobrar os cuidados para evitar ser atingido por um deles.

De acordo com especialistas da área, os raios acontecem justamente porque o tempo está mais quente agora no verão. Assim, quando o ar fica mais quente ele costuma ficar mais leve e subir mais rápido. Lá em cima ele se encontra com ares naturalmente mais frios.

Nesse momento, o encontro acaba formando gotículas de gelo. Quando essas gotículas de gelo se chocam, elas acabam formando uma eletricidade. Traduzindo tudo: o calor forma raios. É isso o que você precisa saber para entender o processo.

Especialistas dizem ainda que o melhor a fazer nessa época é evitar lugares abertos. Então se estiver no meio de uma tempestade com trovões, o melhor é não ir para grandes campos ou praias, por exemplo.

Se estiver na rua no momento que uma tempestade começar, procure entrar em um abrigo. Pode ser um prédio, um ponto de ônibus ou mesmo um carro. O carro, aliás, é a melhor opção. É que os pneus de borracha diminuem muito a chance de um raio cair sobre um veículo.

Raios no Brasil

É muito raro morrer atingido por um raio. Seja no Brasil ou em qualquer outro lugar, as chances costumam ser de 1 em 1 milhão. Mas o fato é que acontece. De acordo com os dados oficiais, cerca de 130 pessoas morrem por causa disso no Brasil todos os anos. E esse número só considera as mortes, e não os acidentes sem vítimas fatais, mas que deixam sequelas graves.

Em 2020, o Brasil registrou mais de 144 milhões de raios. É portanto o país que mais registra esse fenômeno em todo o planeta. Pesa o fato de o país ter um tamanho continental. Mas também pesam aqui fenômenos como o La Niña e a Zona de Convergência do Atlântico Sul (Zcas).

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.