Com atraso treino da Fórmula 1 em Portugal ainda espera pelo pole

0

Por problemas na pista em Portimão, na região de Algarve, em Portugal, causadas pela Ferrari de Sebastian Vettel, acabou atrasando o treino oficial da Fórmula 1 na pista portuguesa. Conforme indicado inicialmente o treino deveria ter começado às 10h da manhã, horário de Brasília.

Mercedes de Bottas no Algarve foto Twitter Mercedes AMG F1
Mercedes de Bottas no Algarve / Foto: Twitter Mercedes AMG F1

O circuito de Portugal, foi realizado por engenheiros portugueses, fãs do automobilismo brasileiro e de Nelson Piquet. Porém, a organização não parece ser o forte dos arquitetos responsáveis pela obra. Afinal, a qualidade do asfalto é precária e gerou prejuízos incalculáveis com o atraso do treino.

Porém, a não vontade de desistir dos portugueses tentou prevalecer. Mas a legítima gambiarra feia custou tempo e dinheiro para Fórmula 1 e, em especial, as pessoas que eram responsáveis pela transimssão internacional do evento.

O SporTV, que esperava transmitir a classificação ficou segurando na voz de Sérgio Maurício, com comentários de Rafael Lopes e Luciano Burti por mais de meia hora até o início efetivo do treino. Isso que a transmissão foi aberta 30 minutos antes do início previsto da competição.

Até o cachorro de Lewis Hamilton, Roscoe, foi pauta da transmissão que não tinha mais o que fazer para ocupar espaço, A jocosidade das brincadeiras com o buldogue de Hamilton foram pouco cautelosas, demonstrando má vontade com o novo recordista de vitórias da Fórmula 1.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.