Cobertura de vacinas está abaixo de 60% na pandemia

Para médicos, baixa imunização pode trazer sérios problemas para saúde coletiva...

1

O alerta sobre a baixa cobertura vacinal foi feito hoje (15/09). De acordo com a Sociedade Brasileira de Imunização (SBIm), o isolamento social e o medo de comparecer aos serviços de saúde durante a pandemia influenciou na baixa. Veja mais!

 

Cobertura de vacinas em baixa…

De acordo com o presidente da SBIm, Juarez Cunha, o Data SUS de agosto registrou que nenhum objetivo alcançado para as campanhas de cobertura da vacinação. Por exemplo, em relação a crianças de até 2 anos, foi apenas 60% do público alvo que receberam a vacina.

Neste caso, apenas 45,35% do objetivo para hepatite e 51,51% para a poliomielite. Além disso, a cobertura da vacina atingiu só 45,23% no primeiro reforço. Enquanto isso, no reforço da tríplice viral, somente 44,34%.

 

cobertura vacina

 

Ainda, 10% das gestantes apenas tomaram a vacina dTpa no mês passado. Essa vacina protege contra difteria, tétano e coqueluche.

Cunha alertou que a falta de vacina pode trazer complicações importantes para a saúde coletiva. Ainda mais, no momento em que se discute a reabertura das escolas e o retorno às aulas presenciais.

“Temos vacinas seguras, eficazes e gratuitas. Asim, o risco é muito grande se continuarmos com cobertura de vacina tão baixa.”, alertou o médico.

Além disso, ele enfatizou que os dados de agosto são preliminares. No entanto, que os números atuais da cobertura de vacinas estão na faixa de 60%. Assim, isso é muito baixo.

Ainda conforme o médico, o risco é que todas essas doenças possam retornar “com força”. Em especial,  com o retorno da mobilidade de toda a população e de  aulas. “É muito importante que todas as crianças estejam com a vacinação em dia”, categorizou o médico.

Cunha lembrou que, em 2019, não se atingiu, da mesma forma, a meta da cobertura de nenhuma vacina para até 2 anos. Todas as imunizações ficaram abaixo dos 85%.

 

cobertura vacina

Vacinando as crianças e adolescentes

Atenção! As crianças e adolescentes com vacina pendente podem comparecer a qualquer UBS. Assim, basta levar a carteira de vacina ou, então, fazer na hora.

É obrigatório comparecer com um responsável e seguindo medidas de segurança contra a Covid-19

 

 

Com informações da Agência Brasil 
1 comentário
  1. […] também: – Cobertura de vacinas está abaixo de 60% na pandemia – Programa Renda Brasil é cancelado antes de sair do papel, […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.