Cláudia Rodrigues é internada após dormência e confusão mental

Atriz será submetida a exames.

0
Cláudia Rodrigues é internada
Reprodução: Instagram

Na noite desta última sexta-feira (9), Cláudia Rodrigues passou por um novo susto: a atriz é internada após sentir dormência no braço e na perna, além de confusão mental. No momento, ela está no hospital Albert Einstein, em São Paulo e segue consciente, de acordo com a assessoria de imprensa.

Cláudia Rodrigues é internada após mal-estar

Além do estado de saúde da artista, o comunicado informa que a atriz passará por uma bateria de exames e que Cláudia não tomou seu medicamento para a esclerose em junho, já que precisou interromper para tomar o imunizante contra a Covid-19. Por conta da segunda dose da vacina, ela só poderá voltar a tomar o medicamento em dezembro. “Venho comunicar que a Cláudia Rodrigues passou mal, teve dormência no braço e na perna direita, muita cefaleia, confusão mental, mas está consciente. Sintomas levam a crer que nossa comediante teve um surto de esclerose múltipla”, começa o comunicado divulgado pela Quem.

Ademais, o texto segue com os esclarecimentos: “Claudia não tomou a dose da medicação que vem dos EUA, como previsto em junho, pois os médicos optaram em vaciná-la contra a Covid-19. E como só tomará a segunda dose da Pfizer na segunda quinzena de agosto, ela só poderá tomar o Ocrevus em dezembro de 2021. Ao ser internada no Einstein, Cláudia Rodrigues já descartou qualquer possibilidade de ser Covid, pois seu teste deu não reagente. Ela segue internada e passará por uma bateria de exames nos próximos dias”, conclui.

Cláudia Rodrigues é internada
Reprodução: Instagram

Lesão na coluna

Em abril, Cláudia foi internada com uma lesão na coluna. Na época, ela foi encaminhada para o hospital Marcelinho Champagnat, em Curitiba, sentindo fortes dores no corpo e febre. Adriane Bonato, empresária da artista, explicou que apareceu uma lesão na coluna, próxima a C5, que está comprimindo a coluna e o nervo. “Em decorrência disso, ela está com inflamação severa nos ligamentos e tendões do ombro e uma pequena fissura no osso. Ela toma uma injeção de corticoide e vai tomar mais quatro remédios por dia, além dos outros seis que ela toma para esclerose”, conta.

Estimamos melhoras à Claudinha!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.