Cinco brasileiros de casa nova para temporada da Champions League

0

O futebol brasileiro continua sendo um grande polo exportador de pé-de-obra para o futebol europeu. Por mais que a seleção canarinho não vença uma Copa do Mundo desde 2002 e que não haja brasileiro melhor do mundo desde 2007, os brazucas seguem valorizados. Recheando as principais equipes da UEFA Champions League, que têm o início da fase de Grupos na semana que se inicia amanhã

  • Philippe Coutinho

Primeiro rejeitado em Barcelona, Philippe Coutinho virou solução para o novo momento do clube catalão encabeçado pelo treinador holandês Ronald Koeman, que aparentemente segue a linha de Louis Van Gaal e dá preferência aos seus compatriotas do que aos jogadores sul-americanos. Mesmo assim o pequeno Couto, mesmo na Champions, está ganhando espaço com o treinador da neerlândia.

  • Arthur

Um dos que foi vitimado pela nova gerência do Barcelona, foi o volante goiano, Arthur, ex-jogador do Grêmio. Reconhecidamente indisciplinado fora de campo, tendo batido uma Ferrari em seus momentos de lazer na Espanha, ele foi enquadrado por Messi e companhia e ainda no comando virtualmente interino de Quique Sétien, deixou o clube para se juntar a Cristiano Ronaldo, na Juventus.

  • Thiago Silva
Capitão do PSG de saída Foto Twitter Thiago Silva
Ex-capitão do PSG agora no Chelsea / Foto: Twitter Thiago Silva

Outro brasileiro que sofreu com as mudanças de ares em um clube recém-vice-campeão europeu foi o super zagueiro Thiago Silva. O capitão da Copa da 2014, foi deixado de lado pelo Paris Saint-Germain, mesmo chegando até a decisão da Champions League honrando a camisa do clube, por estar há muito tempo em Paris e sem trazer a tão sonhada taça europeia. Agora no Chelsea, ele têm nova missão com o comando de Frank Lampard.

  • Alex Telles

Mais um com passagem pela seleção Brasileira e pelo Grêmio, o lateral-esquerdo Alex Telles, que começou no Juventude, de Caxias do Sul, está agora no todo poderoso Manchester United do ícone da Champions, Ole Gunnar Solskjaer. Herói do título do United em 98/99, sobre o Bayern de Munique em virada histórica no Camp Nou.

  • Thiago Alcântara

Para fechar o brasileiro mais espanhol dessa lista. Filho do tetracampeão do mundo Mazinho, Thiago sempre defendeu as cores vermelhas da Espanha, além disso, teve criação na categoria de base do Barcelona. Lá foi apontado como sucessor de Xavi e Iniesta. Mas acabou no Bayern, com Guardiola, e finalmente está sob o comando de Klopp, no Liverpool.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.