Cientistas identificam novo vírus com potencial pandêmico

A nova cepa de vírus foi identificada pelos cientistas nos porcos, mas teria potencial para infectar humanos.

1

Uma nova cepa de vírus da gripe foi identificada por cientistas na China. O novo vírus teria potencial para causar uma nova pandemia. Inicialmente, o vírus foi identificado em porcos. Porém, devido à sua alta capacidade de adaptação, ele teria a capacidade de infectar humanos em um momento futuro.

A nova descoberta foi publicada na revista científica PNAS (Proceedings of the National Academy of Sciences), da Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos.

Segundo a publicação, a alta capacidade do vírus de infectar humanos é o fator mais preocupante. Nesse sentido, os cientistas testaram 338 trabalhadores que estavam em contato com os porcos, e os exames apontaram que 10% deles já haviam sido infectados.

O vírus, que tem nome provisório de G4 EA H1N1, é de tipo semelhante ao da gripe suína. Anteriormente, a pandemia de gripe suína, que teve início em março de 2009, se espalhou pelo mundo e matou cerca de 250 mil pessoas. Contudo, essa nova linhagem do vírus possui características diferentes do causador da gripe A, o que poderia torná-lo ainda mais agressivo. Do mesmo modo, por tratar-se de uma nova linhagem, as pessoas teriam pouca ou nenhuma imunidade contra ela, aumentando o número de infectados.

Cientistas vão analisar o caso

De acordo com a publicação, os cientistas envolvidos na pesquisa alertam sobre a necessidade de implantar um monitoramento atento da população humana em relação ao novo vírus. Isso se refere em especial aos trabalhadores da indústria de carne suína, que são os mais expostos ao novo vírus.

Além disso, o estudo aborda os riscos de uma possível quebra de barreira entre espécies. Regiões superpopulosas, como é o caso da China, poderiam levar a uma rápida disseminação mundial do vírus. Vale ressaltar que a China abriga grande quantidade de criadouros e matadouros de porcos, além de realizar o comércio do produto fresco em diversos mercados locais.

Segundo Christian Lindmeier, o porta-voz da OMS (Organização Mundial da Saúde), a entidade vai analisar cuidadosamente o estudo e realizar uma vigilância sistemática do problema descoberto pelos cientistas.

1 comentário
  1. […] disse que esse novo vírus, que foi encontrado em porcos na China, se assemelha bastante a um vírus já bem conhecido da humanidade: o H1N1. Ou seja, seria parecido […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.