Chega a 9 número de trabalhadores mortos em pedreiras no Espírito Santo em 2020

Caso mais recente aconteceu nesta semana. Um homem morreu ao ser atingido por uma pedra de granito em uma pedreira do estado

0

Morreu nesta semana no Espírito Santo o trabalhador Peterson Ribeiro. Uma pedra de granito o atingiu com muita violência enquanto ele estava dentro de uma vala em uma pedreira em Aracruz, no interior de estado.

Peterson deixou uma esposa e um filho de apenas 3 anos de idade. Ele mesmo tinha apenas 25 anos e estava trabalhando na empresa desde 2013. Mas infelizmente o caso dessa vítima não é o único que aconteceu este ano.

De acordo com o sindicato que representa a categoria, o caso de Peterson se junta a outros 8 que aconteceram só este ano no Espírito Santo. Trabalhadores estão morrendo em pedreiras do estado em uma quantidade anormal.

Pelo menos segundo o sindicato o último acidente deste tipo em pedreiras do Espírito Santo aconteceu ainda em 2017. Ou seja, entre 2018 e 2019 não aconteceu o registro de nenhum acidente deste tipo por lá.

Não se sabe o motivo para este salto no ano de 2020. Mas o sindicato está denunciando a situação e cobrando mais segurança para os trabalhadores da área. Até a publicação desta matéria, nenhuma das empresas de pedreiras do estado se pronunciou sobre a sequência de mortes.

Além das pedreiras no Espírito Santo

De acordo com as regras trabalhistas, todo empregador tem o dever de oferecer ao trabalhador segurança no seu ambiente de trabalho. Em caso de morte, todas os valores rescisórios devem ir para os dependentes da vítima fatal.

Vale lembrar ainda que a própria empresa deve procurar saber quem são os familiares da pessoa que morreu. A família recebe a divisão de todos esses valores. É como se fosse uma demissão normal sem justa causa.

Ou seja, estamos falando aqui de 13º, férias e saldos de remunerações como horas extra, por exemplo. Aqui só não há mais o direito de receber benefícios como aviso-prévio e inscrição no seguro-desemprego.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.