Chapecoense: surto de Covid-19 atrapalha preparação para o Campeonato Catarinense

Isso porque, na semana passada, 24 membros do clube, sendo 12 jogadores e 12 membros da comissão técnica, testaram positivo para a doença.

0

A Chapecoense tenta driblar o surto de Covid-19 no elenco para finalizar a preparação na semana de estreia no Campeonato Catarinense de 2022.

Isso porque, na semana passada, 24 membros do clube, sendo 12 jogadores e 12 membros da comissão técnica, testaram positivo para a doença.

Veja em seguida: The Best: Messi, Lewandowski e Salah disputam prêmio da Fifa nesta segunda-feira (17)

No entanto, no final da semana, outros atletas também positivaram. Mas o clube desta vez não informou o número de contaminados, embora todos estejam assintomáticos e em isolamento.

Por causa da variante Ômicron, o número de casos explodiu no país inteiro. Todavia, o número de mortos não subiu na mesma proporção.

Porém, o fato é que a preparação para a estreia do Estadual foi atrapalhada. Até um jogo-treino no último final de semana, contra o Ypiranga de Erechim, foi cancelado.

Agora, a Chapecoense estreia no Estadual no sábado, dia 22 de janeiro, a partir das 16h30, quando recebe o recém-promovido Barra, na Arena Condá.

Além disso, o Verdão do Oeste tenta se reestruturar neste ano depois de ter sido rebaixado da Série A para a Série B do Campeonato Brasileiro.

Na oportunidade, fechou a temporada com apenas 15 pontos, a pior campanha da história dos pontos corridos.

Veja em seguida: Diego Costa se despede oficialmente do Atlético Mineiro

Lamentação

Enquanto isso, o técnico Felipe Conceição, contratado para comandar o clube desde o início da temporada, lamentou as baixas durante o período de preparação.

Contudo, embora admita que isso atrapalha o trabalho, ele espera que o time possa se portar bem no começo do campeonato.

“O trabalho vinha numa evolução grande e estávamos conseguindo um crescimento maior do que o planejado, muito pela dedicação dos atletas, mas tivemos os positivados do Covid e houve a quebra da sequência”, disse.

“Ainda assim, melhor que tenha sido agora e não no meio ou fim da competição”, afirmou o comandante em entrevista coletiva no final da semana.

“Temos que ser resilientes para seguir o trabalho e esperar o retorno de todos para que, assim, a gente volte a crescer novamente nos treinamentos”, ressaltou.

Veja em seguida: Avaí e Figueirense iniciam semana de olho em clássico que vale título

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.