Chapecoense arranca empate contra o líder Atlético Mineiro no Brasileirão

Com o resultado, Galo perde a chance de disparar na liderança da competição

0

A Chapecoense arrancou empate por 2 a 2 com o líder Atlético Mineiro na noite desta quarta-feira (6), pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com esse resultado, o time catarinense, comandado pelo técnico Pintado, que está quase rebaixada, vai a 12 pontos e consegue o segundo empate em casa consecutivo.

Por sua vez, o Galo, sob comando do técnico Cuca, segue líder, com 50 pontos, e com 15 jogos de invencibilidade.

Agora, na próxima rodada, o Atlético Mineiro volta a jogar no sábado (9), quando recebe o Ceará, a partir das 16h30, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte.

Enquanto isso, a Chape volta a jogar no domingo (10), quando visita o Internacional, a partir das 11h, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre.

O jogo

A partida começou com o Atlético Mineiro tentando se impor contra a Chapecoense, que por sua vez queria se aproveitar dos vários desfalques do Galo.

Mas a primeira finalização foi do time visitante, aos 5min, em cobrança de falta de longe de Hulk, mas o goleiro Keiller defendeu com segurança.

Na prática, o Galo tentava pressionar, com bolas alçadas, pois tinha dificuldade em trabalhar a bola no chão, por conta do gramado encharcado.

Porém, aos 19min, após bate-rebate na área, a bola sobrou para o colombiano Dylan, que mandou um chute cruzado no canto direito e abriu o placar: 1 a 0.

Mas, aos 27min, após cruzamento para a área, Geuvânio mandou para o gol e Everson tirou já com a bola dentro do gol. O lance ainda seguiu, o Galo até marcou o segundo, mas estava impedido e, nesse meio tempo, o VAR confirmou o empate da Chape: 1 a 1.

Depois, o jogo ficou truncado e sem muitas chances até o intervalo.

Segundo tempo

Na etapa final, a Chapecoense chegou com perigo logo aos 20 segundos, em cruzamento para a área que Everson espalmou para fora.

Depois, o Atlético voltou a ir para cima, buscando o gol, mas dando os contra-golpes para a Chape.

Com isso, o time da casa era até mais perigoso e teve algumas chances de cabeça em cruzamentos para a área nos primeiros minutos.

O fato é que o Galo tinha muita dificuldade e não conseguia levar perigo ao gol da Chape.

A primeira boa chance veio só aos 17min, com Nacho Fernandes, que mandou por cima, mas sem tanto perigo.

Mas, aos 22min, Nathan colocou a mão na bola, dentro da área, e o árbitro marcou pênalti para a Chapecoense. Assim, Mike foi para a cobrança e fez 2 a 1.

Depois, o Galo foi para cima e quase empatou aos 30min, com Dodô, em chute rasteiro onde Keiller fez defesa espetacular.

O gol de empate saiu aos 37min, com Sasha, que desviou de cabeça para o gol: 2 a 2.

Na pressão, o Atlético quase fez o terceiro aos 42min com Hyoran, que chutou e Keiller fez defesa milagrosa.

No último ataque, Hulk ainda perdeu a bola do jogo.

Leia também: Brasil de Pelotas vence o Operário e acaba com jejum de 12 jogos na Série B

Veja Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.