Casal é preso por suspeita de matar bebê em MG

A menina foi achada com lesões na cabeça e exames ainda constataram a presença de um medicamento para ansiedade no sangue dela, tomado pela mulher detida

3

A Polícia Civil prendeu, nesta quarta-feira (07), um casal suspeito de ter matado a menina Pietra de 1 ano e 8 meses, em Congonhas, Minas Gerais. De acordo com a corporação, o corpo da menina foi encontrado em janeiro, sob um pontilhão, na Região Oeste de Belo Horizonte.

Ex-vereadora é assassinada no interior de SP

O crime começou a ser investigado logo depois que o corpo de Pietra foi encontrado, no dia 25 de janeiro. À época, a menina foi achada com lesões na cabeça e exames ainda constataram a presença de um medicamento para ansiedade no sangue dela, tomado pela mulher detida.

Além disso, de acordo com a polícia, no local, os agentes encontraram um bilhete que teria sido escrito por Fernanda Caroline Leite Dias, de 28 anos, a mãe da criança, que está desaparecida. No entanto, exames grafotécnicos apontaram que a letra é do suspeito.

A menina foi achada com lesões na cabeça e exames ainda constataram a presença de um medicamento para ansiedade no sangue dela, tomado pela mulher detida. (Foto: reprodução)

Mãe desaparecida 

Nesta quarta, a Polícia Civil aproveitou para divulgar detalhes sobre a investigação e sobre o caso do desaparecimento de Fernanda Dias. Para Alexandre Fonseca, delegado responsável pelo caso, a mulher está morta.

Segundo ele, Fernanda Dias mantinha um relacionamento extraconjugal com o suspeito, de 41 anos. Nesse sentido, as investigações apontam que a mulher poderia estar grávida e teria sido esse o motivo o crime.

“Nós temos a confirmação que essa potencial gravidez foi levada ao suspeito pela Fernanda e que isso foi o potencial motivador para o desaparecimento dela. E, na convicção policial, minha e da equipe, nós temos certeza de que a Fernanda está morta. Ainda não achamos o corpo, mas ela está morta”, revelou o delegado.

Conforme relatou o delegado, a morte da Pietra foi feita para encobrir a relação do autor com a Fernanda. “Quem matou a Pietra sumiu com o corpo da Fernanda. É uma coisa, assim, lógica. E essa que é a barbaridade desse crime”, relatou o delegado.

Fernanda está desaparecida e a principal suspeita é a de que a mulher esteja morta. (Foto: reprodução)
Fernanda está desaparecida e a principal suspeita é a de que a mulher esteja morta. (Foto: reprodução)

Casal nega o crime

Ainda segundo o delegado, o casal nega envolvimento tanto na morte da garota Pietra e também no desaparecimento de Fernanda. O homem preso é bacharel em direito e funcionário de uma grande mineradora. Ele foi levado para o Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) Gameleira, na Região Oeste da capital.

Já a mulher dele, de 38 anos, é funcionária da prefeitura de Congonhas e foi encaminhada para a Penitenciária Estêvão Pinto, na Região Leste de Belo Horizonte. Quem tiver informações sobre Fernanda pode entrar em contato com a Polícia Civil pelo telefone 2828-197.

Leia também: Criminosos invadem banco e causam terror no interior de SP

Leia Também:

3 Comentários
  1. […] Casal é preso por suspeita de matar bebê em MG […]

  2. […] Casal é preso por suspeita de matar bebê em MG […]

  3. […] Leia também: Casal é preso por suspeita de matar bebê em MG […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.