Casa onde viveu polêmico Che Guevara está à venda na Argentina

A casa de um dos mais famosos militantes da esquerda mundial começou a ser vendida. Mas seu destino é incerto

1

Está à venda na Argentina a casa onde viveu um dos maiores militantes da esquerda mundial: Ernesto Che Guevara. Trata-se de um dos mais polêmicos nomes da história no século XX. A casa em que o argentino viveu costuma atrair centenas de turistas todos os anos.

Mas ainda não se sabe o que vai acontecer com o imóvel. A casa fica na região da cidade de Rosário. Estudiosos afirmam que foi lá que ele nasceu e passou os seus primeiros anos de vida. Che Guevara nasceu no dia 14 de junho de 1928.

A região da casa fica a cerca de 240 quilômetros de Buenos Aires, a capital da Argentina. O apartamento é considerado amplo para a região. São 220 metros quadrados. O edifício foi projetado em estilo francês, mas foi idealizado pelo arquiteto argentino, Alejandro Bustillo.

Quem comprou a casa primeiro das mãos da família de Che Guevara foi Alicia Maria Repetto. Ela comprou o local sem nenhum tipo de interesse histórico. Em 2002, ela vendeu o imóvel para o argentino Francesco Farruggia. Ele sim, sabia muito bem o valor histórico da casa.

Mas Farruggia mora atualmente no Brasil. Ele, aliás, é presidente do Instituo Campus Party. Ele quis construir uma espécie de Centro Cultural no local. Mas o fato é que isso acabou não se concretizando. Não se sabe ao certo qual o motivo de sua venda. Mas o fato é que ele quer vender.

Em entrevista para a agência de notícias AFP, Farruggia informou que a casa já recebeu ofertas de diversos países ao redor do planeta. Mas ele não deixou claro as diretrizes do processo de venda do local.

Che Guevara

Che Guevara foi um dos militantes de esquerda mais controversos do século XX. Amado por muitos e odiado por muitos, ele ficou conhecido mundialmente por ajudar no combate na Revolução Comunista de Cuba, entre os anos de 1953 e 1959. Críticos alegam que existem denúncias de vários assassinatos e atos de terrorismo por parte de Che Guevara. Fãs alegam que ele se tornou um ícone histórico da luta de classes.

1 comentário
  1. […] foi presidente da Argentina entre os anos de 1989 e 1999. Sua primeira esposa, que agora pretende ser a última também, se […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.