Capital de giro: como conseguir e aumentar o da sua empresa

1

Como conseguir capital de giro? Conheça opções!

 

Você sabia que um bom capital de giro pode reduzir e muito os problemas financeiros da sua empresa? Apesar de tanta importância, este recurso é esquecido por muitos empreendedores e é neste ponto que se inicia as dívidas e até mesmo a falência. 

Com certeza, se você tem ou pretende abrir seu próprio negócio, já se deparou com esse termo. É o recurso básico que toda empresa deve ter para manter seu bom funcionamento e saber administrá-lo é determinante no sucesso ou fracasso de toda organização. 

É claro que todo empresário deseja que seu negócio se consolide no mercado, seja competitivo e ganhe cada vez mais clientes. Entretanto, sem o capital de giro, este sonho pode ser mais difícil do que parece. 

Assim como você, este também não é nosso desejo. Queremos que a cada dia, mais empresários sejam bem sucedidos com suas empresas. Então, se sua organização não tem essa reserva e está à deriva, podemos te ajudar.

Da mesma forma que se, na verdade, precisa de apenas uns ajustes e pequenos investimentos para ter uma boa quantia deste recurso e ficar com as finanças tranquilas, também podemos te auxiliar. 

Como? Com este conteúdo! Explicaremos a seguir o que é capital de giro, qual sua finalidade e como usá-lo, afinal, ter este conceito bem claro fará toda diferença na sua administração ao longo dos meses.

E o principal: daremos dicas de como conseguir um bom capital de giro para alavancar seus negócios e mantê-los funcionando bem e em ritmo de expansão. Acompanhe! 

 

Primeiro passo: entenda o que é capital de giro

 

Como o próprio nome indica, capital de giro é o recurso necessário para fazer a empresa girar, ou seja, funcionar. Portanto, são os custos básicos do dia a dia que toda empresa tem.  

Pagamento de fornecedores, compra de estoque, salários dos funcionários, aluguel, gasolina do carro da empresa, contas de água, aluguel, luz, internet, manutenções, impostos, entre outras contas básicas.

Basicamente, é a diferença entre dívidas e receitas no curto prazo, valor que possibilita manter a empresa funcionando e uma boa saúde financeira do negócio – o que de fato, determina o sucesso da empresa. 

Então, o capital de giro é um recurso que visa quitar todas essas despesas essenciais sem comprometer o orçamento destinado para outras finalidades, como expansão, investimento em novas máquinas e outros fatores que melhorariam o desempenho da empresa. 

 

Por que o capital de giro é tão importante?

 

Além de manter o equilíbrio das contas e possibilitar investimentos em melhorias e na expansão do negócio, o capital de giro auxilia em questões do dia a dia que podem melhorar resultados de vendas. 

Alguns exemplos disso são as vendas no crédito, a facilitação para para negociar com fornecedores, contratar mais colaboradores, entre outras medidas internas e externas também. 

Como conseguir capital de giro

 

Existem algumas formas de conseguir ou aumentar o capital de giro de uma empresa. São medidas internas ou externas que auxiliam os empreendedores nessa questão. 

Algumas sugestões de ações que pode fazer dentro da empresa para manter o equilíbrio das contas e, consequentemente, aumentar o capital de giro é: renegociação de pagamentos e corte de despesas. 

Com isso queremos dizer que se você diminuir os gastos e manter seu número de vendas, o lucro será maior. Dessa forma, parte desse valor pode ser direcionado à quantia do capital de giro. 

Algumas reduções de custos possíveis são feitas com renegociações de dívidas e suas condições de pagamentos, chegar a valores menores com fornecedores, diminuir o valor do aluguel, seja alterando a localização ou por negociação, entre outras medidas para diminuir o valor que é gasto com o básico. 

Se colocar em prática essas ações e ainda não conseguir um bom capital de giro, as opções externas vão, com certeza, te ajudar.

 

Aporte dos sócios para saúde financeira da empresa

 

Esse tipo de investimento pode ser feito pelo dono da empresa e sócios, se tiver. É um aporte financeiro para aumentar o capital de giro da empresa e melhorar seu funcionamento. 

Os sócios injetam um capital para fazer equilibrar as contas, um método bastante usado por empreendedores brasileiros não só para começar um negócio, mas para mantê-lo em momentos de crise.

Uma das vantagens dessa alternativa é que não tem cobrança de juros caso o pagamento não seja feito nos dias corretos, dando mais tranquilidade à empresa. 

 

Financiar capital de giro também é uma opção!

 

Conseguir uma linha de crédito para empresas é a melhor alternativa, caso nenhuma das anteriores funcione ou seja possível. O financiamento é uma boa opção, já que possibilita o investimento mais rápido e tem ótimas condições de pagamento. 

É claro que para ser uma boa solução, deve ser feito em uma instituição que oferece baixas taxas de juros e melhores prazos de pagamentos. 

Não pegue mais crédito do que precisa e cuidado com os juros, somente assim, será uma solução e não um problema. 

Avalie o Artigo:
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.