Campeão de atletismo no Pan de 2011 é encontrado morto em rodovia de SP

Leandro, que foi medalhista no atletismo, havia saído do trabalho na noite de segunda-feira (5) e estava desaparecido desde então

0

O medalhista de ouro nos Jogos Pan-Americanos de 2011, Leandro Prates, 39 anos, foi encontrado morto na Rodovia Fernão Dias, em São Paulo, na noite desta terça-feira (06). De acordo com as informações, além de atleta, Leandro também era agente da Polícia Militar (PM).

Em nota, a PM explicou que Leandro, que foi medalhista no atletismo, havia saído do trabalho na noite de segunda-feira (05) e estava desaparecido desde então. Ainda conforme a entidade, nesta terça, o corpo e também a motocicleta que ele dirigia, foram encontrados em uma ribanceira.

Até o momento, a principal suspeita é a de que o atleta tenha batido a moto e caído de um precipício na rodovia. Depois de ser encontrado, o corpo de Leandro, que ingressou na Polícia Militar há 13 anos, atuava na Escola de Educação Física da Polícia Militar, era casado e deixou um casal de filhos, foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML).

Leandro, que foi medalhista no atletismo, havia saído do trabalho na noite de segunda-feira (5) e estava desaparecido desde então. (Foto: reprodução)

História de Leandro no atletismo 

Leandro era um corredor de alto nível do atletismo brasileiro e acumulou dezenas de convocações pela Seleção Brasileira de Atletismo. Ao todo, informou a Confederação Brasileira de Atletismo, que lamentou a morte do esportista, ele já havia competido em mais de 15 países.

Dentre as diversas medalhas, a mais importante da carreira do corredor foi o ouro na prova dos 1500 metros, nos jogos Pan-Americanos de 2011, disputados no México. Em nota, a Confederação Brasileira de Atletismo disse que Leandro Prates era um dos melhores corredores meio-fundistas e fundistas do Brasil.

“O corredor baiano Leandro Prates Oliveira, um dos melhores meio-fundistas e fundistas do Brasil, nos deixou. A CBAt e toda família abraça todos os seus familiares e amigos. Leandro Prates foi bicampeão sul-americano, bicampeão Ibero-Americano e medalha de ouro nos 1.500 m nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, em 2011, no México. A história que o Leandro escreveu no Atletismo ficará para sempre na nossa memória”, diz o comunicado.

Além da entidade, outra a se pronunciar foi a Associação Brasileira de Atletas do Atletismo, da qual Prates era vice-presidente. “Muita tristeza, um grande amigo de todos! Um vazio enorme no peito de todos os associados da ABAAt”, disse em nota.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.