Câmara dos EUA aprova aumento no auxílio para trabalhadores

De maioria democrata, a Câmara dos Representantes votou por um aumento no auxílio que os trabalhadores irão receber

1

A Câmara dos Representantes dos Estados Unidos aprovaram um aumento no auxílio para os trabalhadores do país nesta segunda (28). Hoje, o projeto prevê o pagamento de um cheque de US$300. Os deputados aprovaram o aumento para US$2000 para cada norte-americano de baixa e média renda.

A aprovação desse projeto acontece exatamente um dia depois que o presidente Donald Trump assinou a proposta anterior. Foi portanto a proposta de US$300. Trump assinou a proposta mas deu munição para que os democratas pedissem o aumento.

Para explicar toda essa história é preciso voltar para o começo. É que o Congresso dos EUA estava há meses tentando discutir a liberação desse dinheiro. Os republicanos queriam liberar menos dinheiro e os democratas queriam liberar mais dinheiro.

Logo depois de meses de conversa, os dois lados chegaram em um acordo: um pacote de US$900 bilhões. Isso daria justamente os US$300 por cidadão. A Câmara, de maioria democrata, e o Senado, de maioria Republicana, aprovaram. O texto então foi para a sanção do presidente.

Mas o presidente não gostou nada do projeto. Ele disse, em vídeo, que o valor era muito baixo e queria um aumento para US$2000. Isso é justamente o que queriam os democratas, o seu partido rival. Por isso se criou toda a confusão. Seja como for, Trump assinou o documento. 

Auxílio nos Estados Unidos

Ao ver o vídeo do presidente, a líder da Câmara, a democrata Nancy Pelosi, disse que estava ansiosa para votar a proposta do presidente. E votou. A Câmara aprovou facilmente o aumento para US$2000. Agora, a proposta vai para o Senado.

Como dito, o Senado tem maioria republicana. Logo, a tendência é que esse projeto não passe. Mas a dúvida acaba ficando no ar: os republicanos irão seguir com a ideia de não aumentar ou seguirão o desejo do próprio presidente de aumentar o valor? Agora é esperar as cenas dos próximos capítulos.

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.