Brusque perde em casa para o Vila Nova e se complica na Série B do Brasileiro

Com esse resultado, o time da casa, comandado pelo técnico Waguinho Dias, se complicou na briga contra o rebaixamento e ficou com 35 pontos, em 16º lugar

0

O Brusque perdeu em casa por 3 a 2 o Vila Nova na noite deste domingo (24), no estádio Augusto Bauer, em Brusque, na abertura da 32ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Com esse resultado, o time da casa, comandado pelo técnico Waguinho Dias, se complicou na briga contra o rebaixamento e ficou com 35 pontos, em 16º lugar, três pontos acima do Londrina, que abre a zona de degola.

Por sua vez, o Tigre, sob comando do técnico Higo Guimarães, foi a 42 pontos e já abre dez pontos para o rebaixamento.

Agora, na próxima rodada, o Vila Nova volta a jogar na outra segunda-feira, dia 1º de novembro, quando visita o Cruzeiro, a partir das 19h, na Arena Independência, em Belo Horizonte.

Enquanto isso, o Brusque volta a campo no dia 2 de novembro, outra terça-feira, quando novamente atua em casa, desta vez contra o Náutico, a partir das 16h.

O jogo

Em campo, a partida começou truncada, com muita marcação e sem possibilidades de gol para os dois lados.

Mas, na primeira chegada ao gol com mais perigo, aos 13min, o Brusque abriu o placar.

Na oportunidade, aos 13min, o goleiro Georgemy, do Vila Nova, saiu mal do gol e a bola sobrou para Garcez, que mandou para o fundo da rede: 1 a 0.

No entanto, o time goianiense melhorou, passou a pressionar e deixou o Quadricolor mais acuado.

Assim, aos 26min, após cobrança de escanteio, o atacante Clayton desvia de cabeça: 1 a 1.

Depois, aos 29min, o Brusque marcou o segundo, quando Thiago Alagoano cruzou e Garcez desviou de cabeça, para fora, com perigo.

No entanto, aos 36min, após consulta ao VAR, o árbitro marcou pênalti para o Vila Nova. Na cobrança, Clayton virou o placar: 2 a 1.

Mais tarde, aos 45min, o Brusque se livrou de levar o terceiro gol, novamente com Clayton, que obrigou Ruan Carneiro a fazer grande defesa.

Segundo tempo

Depois do intervalo, o Brusque voltou desatento e o Vila Nova ampliou a vantagem logo no primeiro minuto, quando o atacante Diego Tavares arrancou, entrou na área e fez 3 a 1.

O gol enervou o Brusque, que já estava em situação difícil antes e se complicou ainda mais.

Depois, aos 25min, o Quadricolor teve grande chance com Edu, que chutou e Georgemy fez um milagre.

Outra chance do Brusque, com Edu, veio aos 33min, mas ele finalizou pela linha de fundo.

Apenas aos 40min o time da casa conseguiu descontar, com Tony, que mandou para o gol e ganhou nova esperança: 3 a 2.

Leia também: Bragantino vence o São Paulo e sobe para o quinto lugar no Brasileirão

Avalie o Artigo:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.