Brusque conquista a segunda vitória consecutiva na Série B, agora contra o Vila Nova

Partida foi disputada em Goiânia, pela 13ª rodada da competição nacional

0

O Brusque fez 1 a 0 no Vila Nova fora de casa na tarde desta quarta-feira (21), no estádio OBA, em Goiânia, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Com o resultado, o time catarinense, comandado pelo técnico Jerson Testoni, conquistou a segunda vitória consecutiva, aliviou de vez a pressão e foi a 19 pontos, em sétimo lugar, ainda com um jogo a menos.

Por sua vez, a equipe goianiense, comandada pelo técnico Higo Guimarães, perde a segunda consecutivo e tem apenas 14 pontos, em 13º lugar.

Agora, na próxima rodada, o time do Vila volta a jogar em casa no sábado (24), a partir das 16h30, quando recebe o Cruzeiro.

Enquanto isso, o Quadricolor volta a jogar no mesmo dia, mas às 19h30, de novo fora de casa, em visita ao líder Náutico, no estádio dos Aflitos, em Recife.

O jogo

O Brusque começou o jogo desligado, Bruno Alves perdeu a bola na intermediária defensiva aos 40s e o goleiro Zé Carlos já fez de cara uma grande defesa em chute de Clayton.

Assim, nos primeiros minutos, o Vila Nova tinha mais domínio do jogo e o time catarinense encontrava dificuldades em sair jogando.

Aos 10min, após cobrança de escanteio da esquerda, o goleiro Zé Carlos teve que se esforçar para tirar da área, pelo alto, evitando gol olímpico.

Mas, aos poucos, o Brusque foi se desvencilhando da marcação do Vila Nova e começou também a tocar mais a bola.

Uma chegada veio aos 35min, após cruzamento da esquerda que o atacante Garcez, bem marcado, tentou desviar de cabeça, mas a bola foi muito longe do gol.

No entanto, quem mais assustou foi o Vila Nova, aos 42min, em cruzamento para a grande área que Rafael Donato desviou de cabeça e Zé Carlos espalmou de forma espetacular.

Mas, em seguida, aos 45min, em contra-ataque do Brusque, a bola sobrou para Thiago Alagoano, que recebeu livre na esquerda, chutou e o goleiro Georgemy espalmou.

Um minuto depois, foi a vez de Edu, que recebeu lançamento da direita e desviou de cabeça, pela linha de fundo, com perigo.

Segundo tempo

Depois do intervalo, o Vila Nova voltou mais ofensivo, deixando o Brusque mais acuado no campo de defesa.

Assim, aos 8min, William Formiga recebeu na área e chutou forte, rasteiro. O goleiro Zé Carlos fez outra defesa milagrosa.

Em seguida, aos 11min, Arthur cobrou falta na entrada da área, com perigo e novamente o goleiro do Brusque desviou para escanteio.

Mas o time catarinense também foi ao ataque e foi mais eficiente. Assim, aos 15min, com o zagueiro Everton Alemão de cabeça, fez 1 a 0.

Animado, o Brusque quase ampliou aos 25min com Thiago Alagoano, que chutou da entrada da área e o goleiro desviou para escanteio.

Depois, o tempo foi passando, o Vila Nova não conseguia pressionar e o time quadricolor era até mais perigoso nos contra-ataques.

Nos minutos finais, o Vila Nova ainda tentou um abafa, mas não conseguiu o gol e depois o Brusque conseguiu prender a bola no campo de ataque para segurar o resultado.

Leia também: PM diz que foi impedida de entrar no jogo entre Atlético-MG e Boca Juniors, que acabou em confusão

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.