Brasileiros devem perder poder de compra com o novo salário mínimo; entenda

1

O poder de compra do trabalhador brasileiro pode diminuir a partir do ano de 2021. Pelo menos é isso o que os especialistas na área da economia estão esperando. Isso acontece por causa do novo valor do salário mínimo no próximo ano.

Atualmente, a expectativa é que esse valor do novo salário mínimo seja de R$1.087,84. Isso significa um aumento de R$20,00 acima da última proposta do Governo, que foi de R$1.067. Hoje, o salário mínimo é de R$1.045.

Para entender toda essa história, é importante compreender como se calcula o salário. Ele se baseia, entre outras coisas, na inflação do ano do Índice Nacional de Preço Ao Consumidor (INPC) e na variação do PIB dos últimos dois anos.

Pela proposta do Governo, esse salário consideraria uma variação da inflação na casa dos 4,01%. Mas a variação do INPC foi de 4,10%. Dessa forma, o trabalhador não terá um aumento real do salário mínimo.

Talvez todos esses números não sejam tão fáceis de entender. Mas podemos traduzi-los da maneira mais clara possível: o preço dos produtos vai subir mais do que o salário mínimo. Dessa forma, na prática o que vai acontecer é que as pessoas terão mais dificuldades de comprar.

Novo salário mínimo

De acordo com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), o valor desse salário influencia a vida de milhões de brasileiros. São 49 milhões de trabalhadores que dependem diretamente deste salário.

O valor também acaba influenciando a situação de pessoas que dependem indiretamente desse dinheiro. Quanto menos os trabalhadores receberem, menos eles compram e trabalhadores que atuam com vendas acabam sentindo o peso da situação.

Leia Também:

1 comentário
  1. […] Leia também: Brasileiros devem perder poder de compra com o novo salário mínimo […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.