Brasil tem sete campeonatos estaduais paralisados por causa da Covid-19

Campeonato Paulista, após ameaça de entrar até na Justiça, para neste final de semana

0

Apesar do aumento dos casos de Covid-19 no Brasil, se aproximando até de 3.000 mortes por dia, o futebol continua rolando normalmente na maior parte do país.

Porém, sete federações paralisaram os seus estaduais, por ao menos 15 dias, para tentar colaborar e diminuir a circulação de pessoas.

O Campeonato Paulista, considerado a principal competição regional do Brasil, já para a partir deste final de semana.

Apesar da FPF (Federação Paulista de Futebol) insistir na continuidade dos jogos e ter ameaçado até ir na Justiça, não conseguiu convencer o governo de São Paulo.

Assim, por pelo menos 15 dias, as equipes não vão poder entrar em campo.

Está proibido qualquer tipo de evento esportivo em todo o território do estado enquanto durar a fase emergencial do Plano SP, que vai pelo menos até o dia 31 de março.

Em Minas Gerais, o Campeonato Mineiro ainda acontece neste final de semana – a rodada começou na sexta-feira (19) com o Atlético Mineiro vencendo o Coimbra por 3 a 0.

Porém, já a partir de segunda-feira (22), a bola está proibida de rolar em todo o estado.

Uma reunião ainda será feita no início da semana entre clubes, estado e federação, mas nada deve ser alterado.

Ainda não existe previsão de retorno aos gramados.

Mais estados

O Campeonato Capixaba, que esta semana recebeu dois jogos de times de outros estados pela Copa do Brasil em Cariacica, também vai parar. O Espírito Santo também teve aumento nos casos de Covid-19.

O Campeonato Goiano já havia paralisado na semana passada, cancelando a rodada. Ceará, Distrito Federal e Tocantins também pararam pelo mesmo motivo.

Alguns estaduais ainda nem começaram, como no Acre, Roraima, Amapá e Rondônia. Em Santa Catarina, onde o torneio ficou 15 dias parado, a bola volta a rolar neste final de semana.

Leia mais: Campeonato Mineiro: jogos mantidos no final de semana

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.