Brasil entrará em acordo mundial por vacina

Anúncio foi feito pelo governo federal obedecendo ao prazo para o fechamento do acordo

0
Pesquisadora testa vacina
O acordo Covax revela o esforço global para dar acessibilidade à vacina.

O governo brasileiro confirmou que pretende entrar no acordo da  Covax Facility como resultado das negociações com a Aliança Global de Vacinação (GAVI).

O comunicado divulgado pela SECOM informa que “o governo brasileiro, após tratativas com a Aliança Gavi, confirma a intenção de aderir à Covax Facility”. A nota também afirma que “a aquisição de uma vacina segura e eficaz é prioridade do governo federal”.

Antes o governo hesitava em se alinhar com a iniciativa Covax conforme prosseguiam as negociações. Afirmava que precisava estudar “criteriosamente a participação do Brasil na Covax Facility”.

O governo também havia solicitado adiamento do prazo estabelecido pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para o fechamento do acordo. Argumentava antes que “tal medida se faz necessária para obter mais informações sobre as condições para a aprovação regulatória”. Entretanto, a decisão recente do governo federal atendeu à data especificada pela OMS para o fechamento do acordo, 18 de setembro.

Sobre a Covax Facility

O acordo da Covax Facility surgiu como uma iniciativa global para ampliar os tratamentos referentes à COVID-19 para a população mundial devido à urgência de pandemia. A ideia da Covax seria parte de um convênio entre a GAVI, a Coalizão Preparatória de Inovações para Epidemias (CEPI) e da OMS.

De acordo com o site da GAVI, a Covax aparece para atender à necessidade de “acionar lideres globais para clamar por uma solução que deve acelerar o desenvolvimento e a produção das vacinas para a COVID-19, assim como diagnósticos e tratamento, e garantias rápidas, justas e de igual acesso para as pessoas em todos os países.”

O diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, declarou que “mais de 170 países aderiram à Covax, ganhando acesso garantido ao maior portifólio mundial de vacinas candidatas”. Com o fechamento do acordo com a GAVI, o Brasil se torna mais um dos países que deverá obter o acesso aos recursos da Covax.

Com informações da Agência Brasil.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.