Brasil 123 clássicos – Toyota bandeirante

Nessa segunda-feira (28) vamos começar a semana orgulhosamente falando sobre um herói da história automotiva brasileira então seja bem-vindo ao Brasil 123 clássicos sobre o Toyota Bandeirante

0

Para você querido leitor do Brasil 123 carros toda segundas e sextas-feiras nós vamos trazer a vida de um carro que foi muito importante para a história automotiva brasileira. Dessa forma, nesse começo de semana vamos abordar a interessante história da Toyota Bandeirante.

A Toyota Bandeirante encara qualquer terreno

Nessa foto podemos ver a Toyota Bandeirante posando orgulhosamente após anos de serviço pesado. (Fonte: porta-luva.com)

A Toyota Bandeirante é fruto dos ideais japoneses do que seria um carro forte para ajudar no trabalho rural e também andar por estradas de terra. No entanto, a história da Bandeirante brasileira começa ainda no Japão.

Inicialmente, o modelo japonês era denominado J4 e não fez muito sucesso no mercado do país oriental. Dessa forma, a fabricante apostou em levar o seu off-road para outros países.

O Brasil parecia o local perfeito para que o carro fizesse sucesso e foi isso mesmo que aconteceu. O Toyota J4 fez tanto sucesso aqui no Brasil que a fabricante resolver criar a versão J5 do veículo especificamente para as necessidades brasileiras.

Portanto, em 1958 a Toyota optou por começar a fabricar a versão J5 do seu off-road em solo nacional.  Entre os anos de 1958 e 1962 o motor 6 cilindros com capacidade de 4.0 L conseguia gerar 110 cv. Esse motor garantiu a fama que o Bandeirante possui até hoje de confiável e beberrão.

Por isso, a partir de 1962 o Bandeirante recebeu um motor fornecido pela Mercedes-Benz. Esse novo motor, movido a diesel, era capaz de gerar 78 cv através de 4 cilindros que juntos tinham a capacidade de 3.4 L.

Deixe aqui nos comentários se você gostaria de ver a continuação desse história.

Brasil 123 clássicos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.