Bragantino vence o São Paulo e sobe para o quinto lugar no Brasileirão

Por sua vez, o Tricolor do Morumbi, sob comando do técnico Rogério Ceni, fica estagnado no 13º lugar, com 34 pontos

0

O Red Bull Bragantino venceu o São Paulo por 1 a 0 na noite deste domingo (24), no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com esse resultado, o time comandado pelo técnico Maurício Barbiéri, foi a 46 pontos, em quinto lugar, ultrapassando o Corinthians e colando no Palmeiras.

Por sua vez, o Tricolor do Morumbi, sob comando do técnico Rogério Ceni, fica estagnado no 13º lugar, com 34 pontos.

Agora, na próxima rodada, o São Paulo volta a jogar no outro domingo, dia 31, a partir das 18h15, quando recebe o Internacional, no estádio do Morumbi, em São Paulo.

Enquanto isso, o Braga joga na outra segunda-feira, dia 1º de novembro, em visita ao Cuiabá, a partir das 20h, na Arena Pantanal.

No entanto, antes, já nesta quinta-feira (28), recebe o Sport, a partir das 19h, em jogo antecipado da 34ª rodada, por causa da final da Copa Sul-Americana.

O jogo

A primeira grande chance do jogo veio logo aos 2min e foi a favor do Bragantino, quando Helinho cruzou para Arthur, dentro da área, que chutou e o goleiro Tiago Volpi espalmou.

Em seguida, aos 5min, o Tricolor respondeu com Reinaldo, que mandou um chute forte e o goleiro Cleiton defendeu com segurança.

Outra chegada do São Paulo e que foi uma chance incrível desperdiçada aconteceu aos 20min, quando a bola sobrou para Pablo, livre, que mandou por cima do gol, isolando.

Com isso, o time da Capital estava melhor em campo, com mais volume de jogo e arriscava mais no campo de ataque.

Mas o Bragantino respondeu na reta final e, aos 37min, com Helinho, teve uma grande chance, onde Tiago Volpe fez grande defesa.

Antes do intervalo, Gabriel Sara mandou para o gol e Luan Cândido salvou em cima da linha, evitando o gol.

Segundo tempo

Depois do intervalo, o Bragantino poderia ter aberto o placar logo aos 5min, com um gol que acabou anulado por impedimento e depois com a ilegalidade confirmada pelo VAR.

No entanto, o time da casa estava melhor na etapa final e conseguiu abrir o placar aos 11min com Luan Cândido, que desviou de cabeça para o gol: 1 a 0.

Mais tarde, aos 24min, o Braga quase ampliou com Cuello, que mandou a bola na trave de Tiago Volpi, com muito perigo.

Aos 31min, o goleiro do time de Bragança Paulista, Cleiton, fez uma defesa à queima rouba em finalização de Vitor Bueno e evitou o empate.

Leia também: Atlético-MG vira sobre o Cuiabá e amplia vantagem na liderança do Brasileirão

Avalie o Artigo:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.