Bovarismo – Síndrome de Madame Bovary: o que é e sintomas

2

Bovarismo é um termo utilizado na psicologia para pessoas com uma imagem supervalorizada delas mesmas. Ele possui fortes relações com a obra de Gustave Flaubert, Madame Bovary. Emma era uma jovem apaixonada por livros romancistas. Sonhava com o príncipe encantado e o casamento. Entretanto, quando casou-se com seu marido, arrependeu-se amargamente. Não conseguia o divórcio, a sociedade não permitia isso às mulheres na época.

Passou a detestar seu marido e sua rotina, pensava que o casamento era monótono e não aguentava mais olhar para o Sr. Bovary. Ele não possuía o que os livros mostravam sobre um homem. Ela queria alguém para superar as expectativas e caiu em um poço de depressão. Começou a trair, teve paixões fora do casamento por achar que “merecia mais”. Ao fim, afundada em dívidas e sendo negada pelos antigos amantes, decidiu que tentaria suicídio e deixaria para trás a filha e o marido.

Isso ocorreu por algo muito comum naquele século: idealização. Atualmente, sabemos que a vida não funciona como nos livros, mas no passado nem sempre foi assim. Buscava um príncipe, alguém mais capaz que o Sr. Bovary, alguém como os homens dos livros. Contudo, isso nunca poderia acontecer.

Principais Sinais do Bovarismo

O Principal sinal do Bovarismo ou Síndrome de Madame Bovary é a idealização excessiva do parceiro. É como se a realidade sumisse e a fantasia tomasse conta. Essas pessoas não aceitam erros do outro, esperam a perfeição, querem que o parceiro cumpra com as expectativas que eles mesmos criam.

Quando descobrem que o outro nem sempre consegue superar a estas expectativas, ficam frustrados e amargurados. Dessa forma, costumam trair em busca de soluções para o caso.  Também são dependentes do amor, como se não conseguissem viver sem romances. Sendo assim, possuem a necessidade de entrar em relacionamentos o mais breve possível.

Como consequência disso, basta dizer que os relacionamentos são complicados. As brigas constantes não tardam para começar a fazer parte de uma rotina estressante.

Alguns pacientes ainda podem ter gastos desenfreados. Isso ocorre por buscarem ter uma vida que não condiz com a realidade, gastam mais do que recebem. Logo, começam a comprar itens de luxo ou roupas mais caras. Costumam fazer isso para tirar fotos e postar em redes sociais para que o máximo de pessoas vejam.  Em suma, alguns sintomas são bem parecidos com o Transtorno de Eersonalidade Histriônica.

E então, tem mais alguma dúvida sobre o Bovarismo ou Síndrome de Madame Bovary? Comente para que possamos responder!

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.