Botafogo encaminha vaga diante do Ceilândia-DF

Equipe de Luís Castro embalou a segunda vitória seguida.

0

Muita coisa mudou no Botafogo. Há menos de um ano e meio, o Glorioso fazia a sua pior campanha na história do Brasileirão e era rebaixado na última posição do Brasileirão 2020. Depois disso, o começo conturbado de Série B dava indícios de que o Fogão teria dificuldades para voltar à elite. No entanto, o bom trabalho de Enderson Moreira não só fez o Bota subir, como subiu campeão.

Aliás, o título foi importantíssimo em termos de calendário, já que o campeão da Série B garante vaga direta na terceira fase do principal mata-mata do país, evitando as fases iniciais em jogo único. Isto é, evita que clubes em formação passem vexames para clubes de menor investimento, como foi o caso de Internacional, Grêmio e Vasco da Gama.

Enfim, a noite de ontem (20) marcou a estreia do Botafogo na Copa do Brasil. Diante do Ceilândia-DF, uma das surpresas da competição, o Glorioso praticamente encaminhou a sua vaga. Jogando no estádio Mané Garrincha, os comandados de Luís Castro venceram por 3 a 0, graças a dois gols do zagueiro Kanu.

Botafogo
Kanu anotou dois gols na peleja. Foto: Gabriel Teles / Agência Ceub.

Botafogo começa a ganhar uma cara

Depois de estrear no banco de reservas na vitória de 3 a 1 sobre o Ceará, Luís Castro começa a demonstrar em campo as suas ideias. Na partida de ontem, por exemplo, pôde-se notar uma equipe utilizando bastante a largura do campo, além de manter o meio campo na formação de um “quadrado”. Isto é, dois volantes e dois meias.

Na noite de ontem (20), outro jogador que conseguiu anotar seu primeiro gol pelo clube foi o meia Lucas Piazon. Vendido do São Paulo para o Chelsea-ING, o jogador nunca chegou a atuar pelo clube inglês, sendo emprestado para diversos clubes pequenos da Europa. Até por isso, a vinda para o Botafogo pode ser a grande chance de consolidar a carreira.

Agora, o próximo desafio do Fogão será no próximo domingo (24), às 18h30, contra o Atlético-GO. Vale ressaltar que o Bota, graças a vantagem que construiu, deve utilizar um time reserva no jogo de volta contra o Ceilândia, marcado para o próximo dia 12.

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.