Bonner e Renata Vasconcellos são intimados a depor

1

Na tarde da última quarta-feira, dia 02, a Polícia Civil do Rio de Janeiro, sob ordem do delegado Pablo Dacosta Sartori, emitiu dois mandados de intimação para comparecimento na delegacia. Os mandados tiveram como destinatários William Bonner e Renata Vasconcelos, jornalistas e âncoras do Jornal Nacional.

A intimação requisita que ambos os jornalistas prestem depoimento por suposto não cumprimento da lei. Essa se trata de uma decisão judicial referente a proibição de divulgação de documentos sigilosos da investigação que envolve o escândalo das “rachadinhas” no interior do gabinete de Flávio Bolsonaro na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro.

Sobre decisão judicial e a intimação imposta aos âncoras, Bonner e Renata Vasconcellos

De acordo matéria da Folha de São Paulo, a TV Globo declarou não se manifestar sobre processos legais em curso.

A acusação de não cumprimento da lei, diz respeito a proibição judicial emitida em setembro contra reportagens da TV Globo que mostrassem documentos sigilosos sobre Flávio Bolsonaro. A decisão foi de Cristina Feijó, juíza da 33ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Rio, após os advogados Rodrigo Roca e Luciana Pires, do agora senador Flávio Bolsonaro, entrarem com o pedido.

A investigação policial, portanto, ocorre sob suposta “desobediência a decisão judicial sobre perda ou suspensão de direito”.

O documento exige comparecimento à sede DRCI (Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática), no bairro de Benfica, na zona norte do Rio, na próxima quarta-feira, dia 9.

A decisão judicial que baseia a intimação foi, à época, acusada de cerceamento à liberdade de informar pela Globo, uma vez que a investigação das “rachadinhas” é de interesse comum de toda a sociedade.

Por fim, de acordo com os mandados de intimação, caso não haja o comparecimento e esse não seja justificado, os intimados estarão sob “crime de desobediência, previsto no artigo 330 do Código Penal”.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.