Bolsonaro diz que plano de imunização contra a Covid-19 está praticamente pronto

O Ministério da Saúde tem acordo para a compra de doses de uma potencial vacina produzida pela farmacêutica britânica AstraZeneca, mas também tem conversado com outras empresas

3

O presidente da república, Jair Bolsonaro (Sem Partido), afirmou nesta quinta-feira (26), durante sua live semanal nas redes sociais, que um plano nacional de imunização contra a Covid-19 está praticamente pronto e que o governo federal vai adquirir uma vacina assim que ela for aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Leia também: Bolsonaro se nega a depor sobre interferência na PF

“Uma vez certificada pela Anvisa, seja qual for o medicamento e qualquer que seja a vacina, a compra será imediatamente providenciada por nós. E um programa, um plano nacional de imunização está praticamente pronto na saúde para a gente vacinar quem quer”, revelou Bolsonaro.

Bolsonaro diz que plano de imunização contra a Covid-19 está praticamente pronto
Jair Bolsonaro afirmou que um plano nacional de imunização contra a covid-19 está praticamente pronto. (Foto: reprodução)

De acordo com as informações, o Ministério da Saúde tem acordo para a compra de doses de uma potencial vacina produzida pela farmacêutica britânica AstraZeneca, em parceria com a Universidade de Oxford, incluindo um pacto de transferência de tecnologia e produção local do imunizante pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Recentemente, a AstraZeneca informou que a vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford apresenta uma eficácia de 90% na prevenção da doença quando administrada em meia dose e, pelo menos um mês depois, uma dose integral.

Governo mantém contato com outras empresas 

O governo federal mantém contato com outros laboratórios estrangeiros que também estão desenvolvendo doses contra a Covid-19 e que, se aprovadas, também poderão ser adquiridas para a imunização geral da população. Nesta quarta-feira (25), a farmacêutica Pfizer informou que deu início ao processo de pedido de registro junto à Anvisa.

Na semana passada, o secretário-executivo do Ministério da Saúde, Élcio Franco, revelou que o governo estava tendo uma rodada de reuniões com representantes de cinco desenvolvedores de vacinas contra a Covid-19. Na lista dos fabricantes estava:

  • Pfizer/BionTech (EUA/Alemanha)
  • Janssen (EUA)
  • Instituto de Pesquisa Gamaleya (Rússia)
  • Moderna (EUA)
  • Covaxin (Índia)

Nesta série de encontros, o Ministério da Saúde não se reuniu com representantes da CoronaVac, da farmacêutica chinesa Sinovac, que tem parceria com o Instituto Butantan. As conversas sobre este imunizante estão sendo conduzidas diretamente com representantes do governo paulista.

Leia Também:

3 Comentários
  1. […] Leia também: Bolsonaro diz que plano de imunização contra a Covid-19 está praticamente pronto […]

  2. […] Leia também: Bolsonaro diz que plano de imunização contra a Covid-19 está praticamente pronto […]

  3. […] Entenda: Bolsonaro diz que plano de imunização contra a Covid-19 está praticamente pronto […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.