Bolsonaro ainda sonha em indicar Ramagem para PF

Ramagem, amigo da família Bolsonaro, foi o pivô da demissão de Sergio Moro do governo, em abril deste ano

1

Aliados do presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) avaliam nos bastidores que o presidente não desistiu de nomear Alexandre Ramagem para o comando da Polícia Federal. De acordo com informações publicadas no blog da jornalista Andréia Sadi, Bolsonaro apenas aguarda uma solução jurídica para não “afrontar “ o Supremo Tribunal Federal (STF).

Leia também: Mourão faz coro com Eduardo Bolsonaro e critica China

Vale lembrar que Ramagem, amigo da família Bolsonaro, foi o pivô da demissão de Sergio Moro do governo, em abril deste ano, quando o ex-ministro afirmou que o presidente da república estava tentando interferir nas investigações da Polícia Federal.

Bolsonaro ainda sonha em indicar Ramagem para PF
Ramagem, amigo da família Bolsonaro, foi o pivô da demissão de Sergio Moro do governo, em abril deste ano. (Foto: reprodução)

Ramagem chegou a ser indicado, mas não assumiu o comando da entidade por conta de um veto do ministro do STF, Alexandre de Moraes, poucas horas antes da posse. À época, ao suspender a nomeação, Moraes citou as alegações de Moro e afirmou que havia indício de desvio de finalidade na escolha “em inobservância aos princípios constitucionais da impessoalidade, da moralidade e do interesse público”.

O desvio de finalidade ocorre quando um ato do poder público não atende os princípios que deveria obedecer.

O sonho de Bolsonaro

No entanto, engana-se quem acredita que Bolsonaro esqueceu Ramagem. O presidente já disse publicamente que nomeá-lo seria um “sonho” e que ele gostaria que fosse concretizado “brevemente”.

Ainda segundo o blog da jornalista, assessores do presidente afirmam que Bolsonaro só indicaria Ramagem se houvesse uma pacificação com o STF – e que a expectativa é que o STF arquive o inquérito da interferência política na PF.

Isso, na visão de Bolsonaro, abriria o caminho para essa possibilidade de Ramagem assumir a PF. Nas palavras de um interlocutor de Bolsonaro, o presidente não vai assumir um novo desgaste nesse tema. Outra possibilidade, também em discussão, seria indicar Ramagem para o Ministério da Segurança Pública, que teria de ser criado. A Polícia Federal estaria submetida à sua pasta.

Leia Também:

1 comentário
  1. […] Leia também: Bolsonaro ainda sonha em indicar Ramagem para PF […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.