Bolivianos aguardam com ansiedade resultado das eleições deste domingo (18)

Bolívia está realizando as eleições presidenciais neste domingo (18). Caso não haja um vencedor claro, haverá portanto um segundo turno

1

Bolivianos estão ansiosos para o resultado do primeiro turno das eleições presidenciais que estão acontecendo neste domingo (18). Há a expectativa para o resultado do candidato de Evo Morales, que é o esquerdista Luis Arce.

As eleições começaram exatamente às 9 horas da manhã, pelo horário de Brasília. A previsão é que as urnas se fechem às 18 horas também pelo horário de Brasília. Mas quem estiver na fila poderá seguir votando até o fim do dia.

Por causa da pandemia do novo coronavírus, essas eleições estão acontecendo de maneira diferente. Há uma mudança no rito, por exemplo. Pessoas com números de identidade que terminam de 0 a 4 votam pela manhã. Mas se o número termina de 5 a 9 vota pela tarde.

Os bolivianos possuem várias opções de voto. Mas de acordo com as pesquisas, os votos deverão se dividir em três candidatos. O favorito a ter o melhor resultado é Luis Arce. Ele é justamente o candidato de Evo Morales. Ele, aliás, foi ministro da economia de Morales.

Mas além deles, há ainda o centrista Carlos Mesa. Ele perdeu as eleições para Morales ainda em 2019. Aliás, ele já foi presidente da Bolívia entre os anos de 2003 e 2005. Por último, há Luis Fernando Camacho, da extrema direita. Mas este último é o azarão desta disputa.

Resultado na Bolívia

Pelo menos se tomarmos como fonte as pesquisas eleitorais, a dúvida hoje será a realização ou não de um segundo turno entre Arce e Mesa. Para vencer no primeiro turno, Arce precisa de 50% dos votos mais um voto no resultado final.

Ou seja, um sistema que nós conhecemos bem aqui no Brasil. Mas há ainda outra possibilidade: Arce ter mais do que 40% dos votos e mais de 10 pontos percentuais de diferença para o candidato que ficar em segundo lugar. Essa segunda hipótese, no entanto, é menos provável de acontecer.

1 comentário
  1. […] Arce está eleito presidente da Bolívia. A apuração oficial ainda não acabou. Na verdade, a tendência é que ainda demore muito para acabar. Mas até os adversários do […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.