Boca e Santos ficam apenas no empate em primeiro jogo da semifinal da Libertadores

O time brasileiro ficou na bronca com a arbitragem por um pênalti não marcado em Marinho

0

Boca Juniors e Santos empataram por 0 a 0, nesta quarta-feira (6), em La Bombonera, na Argentina, pelo jogo de ida da semifinal da Conmebol Libertadores, e deixaram a definição da vaga na final para a volta, na próxima quarta-feira (13), na Vila Belmiro.

Com o resultado, o Peixe joga por uma vitória simples na Baixada Santista para se classificar à final. Já os argentinos também jogam por um triunfo simples ou um empate com gols. Caso haja novo 0 a 0, a definição será nos pênaltis.

Foto: Reprodução/Twitter Santos

Em campo, as equipes fizeram uma partida bastante disputada, com divididas vigorosas e muita luta pela bola. Porém, faltaram chances de gol.

A melhor do Boca ocorreu logo no início, quando Tevez enfiou para Villa e o colombiano acertou o travessão. No entanto, ele estava impedido, e o tento teria sido anulado se a bola entrasse.

O Peixe, por sua vez, ameaçou em batidas de longe de Diego Pituca e Marinho, mas sem impor dificuldades ao goleiro Andrada. E, aos 29 minutos da segunda etapa, o lance mais polêmico da partida. Marinho roubou a bola da zaga do Boca e foi claramente derrubado pelo zagueiro Izquierdoz, que o empurrou. O árbitro Roberto Tobar, porém, nada marcou, assim como o VAR.

Agora, as equipes voltam suas atenções para suas ligas nacionais, que serão disputadas no final de semana, antes do reencontro na quarta-feira, em Santos, às 19h15 (horário Brasília).

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.